Menu

Ciencia.ao - Portal de Ciência, Tecnologia e Inovação de Angola - Itens filtrados por data: novembro 2016

Curso Online Sobre a Malária

Encontram-se abertas as inscrições para o Curso Online Aberto e Massivo (MOOC, na abreviatura em inglês) sobre a malária. 

Trata-se de um curso online de 14 módulos repartidos em 6 semanas com o objectivo de responder a todas as dúvidas sobre a doença, o parasita, os mosquitos, os tratamentos existentes, os meios para combater a doença, as precauções a ter antes da viagem em zonas de risco, e, sobretudo, sobre os avanços científicos e as vacinas existentes. 

 

Língua

Francês

 

Destinatários 

Licenciados

 

Prazo

O MOOC terá início a 16 de Janeiro de 2017

 

Para mais informações e inscrições

https://www.fun-mooc.fr/courses/amu/38004/session01/about

 

 

Photo Copyright

Photo by chatchai_stocker. Published on 16 February 2016, http://www.freedigitalphotos.net/

Image ID: 100395423 

Ler mais ...

UAN - Exames de Acesso 2017

 

 A Universidade Agostinho Neto (UAN) informa ao público em geral que as inscrições para os Exames de Acesso 2017 para os cursos de Ciências, Ciências da Saúde, Ciências Sociais, Direito, Economia, Engenharia, Hotelaria e Turismo, Letras e Medicina, iniciam a 03 e terminam a 21 de Janeiro de 2017 no Campus Universitário, em Camama. 

As vagas disponíveis para essas categorias de candidatos serão disputadas entre si, apurando-se o que obtiver a melhor nota sem prejuízo dos seus direitos previstos no Regime Geral dos Exames de Acesso.

Para todos os cursos se reservam 5% de vagas para os Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, bem como para os seus descendentes, devendo fazer-se, na altura das inscrições, prova documental dessa condição, e para os candidatos com mobilidade reduzida. 

Os candidatos com mobilidade reduzida gozarão de prioridade no acto das inscrições, não estando sujeitos às filas que se virem a formar.  

Tanto as inscrições como os Exames de Acesso terão lugar no Campus Universitário, em Camama.

 

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INSCRIÇÃO

1.Original do Certificado de Habilitações (curso médio ou pré-universitário ou antigo 7º Ano do Liceu ou Diploma Estrangeiro reconhecido pelo MED) com notas discriminadas de todas as disciplinas e anos, acompanhada de uma fotocópia do certificado que ficará arquivada, depois de confrontada com o original;

2.Comprovativo da situação militar regularizada para os candidatos em idade militar;

3.Declaração de serviço para os candidatos trabalhadores; 

4.Documento militar ou da polícia, caso seja militar ou polícia;

5.Cartão de Antigo Combatente ou de Deficiente de Guerra, caso seja Antigo Combatente e ou Deficiente de Guerra, conforme os artigos 7º e 17º da Lei nº 13/2002, de 15 de Outubro, da Lei do Antigo Combatente de Guerra;

6.Cartão de Antigo Combatente (será do familiar??), caso seja familiar de Antigo Combatente;

7.Bilhete de Identidade (BI) ou Passaporte (no caso de estrangeiros), acompanhado de uma fotocópia que ficará arquivada, depois de confrontada com o original;

8.Ficha de Inscrição devidamente preenchida (a ser fornecida no local da triagem);

9.Três (3) fotografias coloridas tipo passe e recentes.

10.Pagamento de: 

♣4.000, 00 kz (quatro mil Kwanzas), por uma (1) opção; 

♣6.000,00 kz (seis mil Kwanzas), por duas (2) opções, se forem pagas ao mesmo tempo num único documento (talão de depósito ou talão de transferência). 

Este valor deverá ser transferido ou depositado exclusivamente no Banco de Fomento Angola – BFA. 

Conta n.º 940643930001(AKZ) 

IBAN: AO06000600000 940643930152.

Obs.: Na altura da inscrição, o candidato deverá juntar a prova documental do depósito ou transferência bancária à restante documentação acima mencionada. 

 

Outras Informações:

http://www.uan.ao 

Ler mais ...

Chamada de Candidaturas para Financiamento à Investigação Científica na África Austral do IFAS - 2017

O Instituto Francês da África do Sul (IFAS) informa que estão abertas até o dia 30 de Novembro de 2016 as candidaturas para submissão de projectos para o financiamento à investigação científica na África Austral. Para além dos projectos de investigação, são também elegíveis trabalhos de campo, eventos científicos e publicações no âmbito das Ciências Sociais e Humanas.   

O IFAS é um instituto francês de investigação no estrangeiro no âmbito do Ministério dos Negócios Estrangeiros e do Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS), que abrange toda a África Austral (UMIFRE 25, USR 3336): África do Sul, Angola, Botsuana, Lesoto, Malawi, Moçambique, Namíbia, República Democrática do Congo, Suazilândia, Zâmbia e Zimbabwe.

 

Destinatários

Os candidatos podem ser mestres,  estudantes de doutoramento, estudantes de pós-doutoramento e investigadores seniores, além de unidades de investigação.

É encorajada a apresentação de propostas de projectos transregionais, de projectos que desafiem fronteiras epistemológicas e propostas relacionadas com a África Lusófona, sendo a excelência científica o principal critério de selecção.

 

Termos e Condições

1.Sem exigência de nacionalidade.

2.Projectos em consonância com os programas do Instituto de Pesquisa:

•Arqueologia e Pré-História;

•História das sociedades da África Austral;

•Dinâmicas Contemporâneas: estudos urbanos e mudanças democráticas e económicas.

* A nacionalidade não será uma condição para a aplicação, embora a existência ou a perspetiva de uma parceria duradoura entre a França e a África do Sul é essencial.

 

Documentos

•Uma carta com uma breve apresentação, a incluir o correio electrónico;

•Proposta detalhada do projecto investigação, não mais de 10 páginas, contendo o cronograma de actividade, parcerias institucionais e indicações sobre a divulgação dos resultados;

•Um orçamento provisório do valor total de financiamento, outras fontes de financiamento solicitado e obtido, financiamento solicitado ao IFAS (natureza das despesas);

•CV;

•Uma carta de referência de um supervisor de investigação (para os estudantes) a ser endereçada ao Diretor do IFAS, Thomas

•Vernet;

•Formulário de candidatura preenchido (online). 

 

 

Valor de financiamento 

Em todos os casos, os fundos atribuídos pelo IFAS não excederão EUR - 2 000,00. 

Os Financiamento de outras instituições são indispensáveis.

 

Prazo

Todos os pedidos de financiamento das unidades de investigação, investigadores e estudantes para 2017 deverão ser enviados até dia 30 de Novembro de 2016.

 

Mais informações

http://www.ifas.org.za/research/entry/163/call-for-funding-2017

 

Ler mais ...

UAN Organiza Curso de Análise Multivariada de Dados Ecológicos

O Centro de Botânica da Universidade Agostinho Neto (UAN), com vista contribuir para o desempenho técnico-científico e académico de recursos humanos ligados à investigação científica, promove de 28 de Novembro a 6 de Dezembro de 2016, o Curso de Análise Multivariada de Dados Ecológicos.  

A análise multivariada é uma ferramenta estatística essencial aplicada à actividade de investigação científica. A aplicação desta técnica requer a utilização de softwares, e para a sua execução efectiva, é necessária a formação profissionalizante por parte do investigador/técnico ligado ao estudo da fauna/flora-vegetação e áreas afins. 

 

Local

O curso decorrerá em Luanda no Centro de Botânica da UAN, Avenida Revolução de Outubro, Prédio do CNIC, 1º andar, ala esquerda. 

 

Duração do curso

8 dias 

 

Horário

09h00 às 17h00

 

Número de participantes

15 

 

Inscrições

As inscrições devem ser feitas com base no preenchimento de uma ficha (clique aqui para baixar).

 

Contactos para mais informação

914863959 / 923550165 / 923512749

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Ler mais ...

Excessivas Concentrações de Sais Prejudicam Solos da Funda

Esta é a conclusão de um estudo desenvolvido por investigadores do Centro Nacional de Investigação Científica (CNIC), em parceria com a Universidade Independente de Angola, a Estação de Desenvolvimento Agrário de Cacuaco e o Laboratório de Agricultura e Pecuária. 

De acordo com o estudo, inserido no Projecto 3.9/015-Avaliação dos Solos da Funda Afectados por Sais,  as excessivas  concentrações de sais na superfície do solo de uma das principais regiões agrícolas da província de Luanda, a comuna da Funda, está a provocar a morte de determinadas culturas. 

A salinização do solo é um problema que vem crescendo em todo o mundo, principalmente em regiões áridas e semi-áridas, decorrente de condições climáticas e da agricultura irrigada. Estima-se que existam no mundo cerca de 1 a 5 bilhões de hectares de solos afectados por sais e em Angola estes ocupam uma área de 11.484 km2, representando cerca de 0,92% do território nacional.

As amostras de água e de solo para esse estudo foram recolhidas em Agosto de 2015 no perímetro agrícola da Funda Prédio, no Mukulo e na Cooperativa da Funda e analisadas no Laboratório Central de Agricultura e Pecuária.

Para muitas famílias camponesas, a comercialização de produtos agrícolas ainda constitui a única fonte de receitas para a resolução dos problemas sociais e económicos. Por consequência, a presença de sais solúveis na camada arável do solo pode comprometer a actividade agrícola na região. 

Os solos afectados por sais, também conhecidos por solos halomórficos, são desenvolvidos em condições imperfeitas de drenagem. E em função do seu nível de salinidade podem ser classificados em: Solos Salinos (quando apresentam elevadas concentrações de sais Na, Ca, Mg, K na solução do solo), Solos Sódicos (quando o teor de sódio disponível promove a dispersão e lixiviação de coloides ao longo do perfil) e Solos Salino-Sódicos (quando apresentam as características de ambos).

Num encontro realizado a 19 de Outubro do ano em curso que envolveu a equipa de investigação, agricultores das zonas em estudo e técnicos da Estação de Desenvolvimento Agrário, concluiu-se que: 

  1. A água da Vala de Espanha utilizada para irrigar os solos da Funda Prédio é de média salinidade e pode ser utilizada sempre que houver uma lixiviação de sais.
  2. A água de rega da Lagoa da Kilunda é de média salinidade e de sodicidade média e esta classe de água não pode ser utilizada em solos argilosos predominantes na região do Mukulo.
  3. A água de rega da Lagoa da Cooperativa apresenta alta salinidade, essa água só pode ser utilizada na irrigação de espécies vegetais de alta tolerância a sais.
  4. A alta concentração de sais presentes em determinadas zonas da Funda pode ser atribuída à água utilizada para a irrigação.

A equipa de investigação pretende recolher novas amostras, já neste mês de Novembro, para contrapor os anteriores. 

 

Para informação adicional contacte

Dr. Domingos Bongue, Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. , 926 289 870

Lic. Albertina Natália Chitombi, Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. , 939 742 542

Dr. Pedro Guilherme João, Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. , 923 524 803

Dr. João Carlos Ferreira, Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. , 924 224 839

 

Ler mais ...

MINCT Realiza Workshop Intitulado “Os Parques Tecnológicos e o Desenvolvimento Económico de Angola

  • Publicado em Eventos

 

No âmbito das comemorações do 10 de Novembro, dia Mundial da Ciência para a Paz e o Desenvolvimento, o Ministério da Ciência e Tecnologia (MINCT), em parceria com o Grupo MORELATE, realiza no dia 18 de Novembro, no auditório do Departamento de Arquitectura da Faculdade de Engenharia da Universidade Agostinho Neto, um workshop intitulado “Os Parques Tecnológicos e o Desenvolvimento Económico de Angola”.

O evento tem como objectivo aferir e partilhar experiências sobre a importância dos Parques Tecnológicos no desenvolvimento da economia.

 

Resultados esperados:

  • Partilha de experiências e boas práticas sobre o contributo de Parques Tecnológicos para a economia;
  • Apresentação e recolha de contribuições sobre o Projecto de Parque Tecnológico do Bengo;
  • Sensibilização de potenciais parceiros para o projecto de Parque Tecnológico do Bengo.

 

Público-Alvo

Gestores e ao empresariado nacional, representantes da comunidade científica, empreendedores, inovadores, inventores, investigadores científicos, estudantes e à sociedade civil em geral.   

 

PROGRAMA DO EVENTO

(Sexta-feira – 18/11/2016)

08h30: Recepção/registo/credenciamento

09h30: SESSÃO DE ABERTURA

    Sua Excelência Ministra da Ciência e Tecnologia   Prof. Doutora Maria Cândida Pereira Teixeira

10h10: SESSÃO DE APRESENTAÇÃO E DISCUSSÃO DE TRABALHOS

    Apresentação da metodologia de trabalhos e breve introdução dos prelectores

    Moderador   Prof. Doutor Gabriel Luís Miguel/CTN

10h15: Tema 1: Apresentação do Projecto do Parque Tecnológico do Bengo. Contextualização, políticas de CTI, panorama nacional de parques tecnológicos   MSc Sebastião Tingão Mateus/MINCT

10h40: Tema 2: Projectos de Parques Tecnológicos no Sector das TIC   Engo Pedro Mendes/MTTI

11h05: Tema 3: BIOCANT   Promoção de Desenvolvimento Económico baseado num Parque de Ciência e Tecnologia   Prof. Doutor Carlos Faro/SOMORELATE

11h30: Debate

12h10: SESSÃO DE ENCERRAMENTO

    Sua Excelência Secretário de Estado da Ciência e Tecnologia - Prof. Doutor Engº. João Sebastião Teta

12h30: COCKTAIL



 

Órgão Promotor

       MINCT

 

 

Apoios

 

 

Ler mais ...

Candidaturas ao “Prémio CEDUMED de Educação Médica 2017 Clínica Multiperfil”

A Universidade Agostinho Neto (UAN) comunica que estão abertas as candidaturas para o “Prémio CEDUMED de Educação Médica”. Instituído em 2015, o prémio tem por finalidade distinguir trabalhos de educação médica em Angola.  

O concurso é anual e de âmbito nacional. Destina-se a premiar trabalhos de investigação científica e trabalhos pedagógicos publicados entre 2015 e 2016. Nesta edição do prémio, a Clínica Multiperfil associa-se ao Centro de Estudos Avançados em Educação e Formação Médica (CEDUMED) designando-se “Prémio CEDUMED de Educação Médica 2017 Clínica Multiperfil”.

 

Valor do Prémio 

O prémio engloba uma medalha e um valor pecuniário global de 2.500.000,00 (Dois milhões e quinhentos mil kwanzas), a ser repartido em duas categorias 1) Investigação Científica e 2) Formação.

 

Documentação

Para as candidaturas, os interessados devem apresentar em suporte físico e digital os seguintes documentos: 

  • Carta de candidatura assinada por todos os autores, se for o caso, (nome completo), instituição e endereço laboral, contacto telefónico e correio electrónico de todos os autores ou proponente;
  • Declaração assinada por todos os autores aceitando os termos do concurso constante no regulamento (ver documento em anexo); 
  • Fotocopia dos Bilhetes de Identidade dos autores nacionais e dos Passaportes ou autorização de residência no caso de autores estrangeiros;
  • Curriculum vitae actualizado dos autores;
  • Sete exemplares do trabalho a concurso;
  • Comprovativo da respectiva publicação.

 

Prazo

As candidaturas devem ser submetidas até o dia 20 de Dezembro de 2016.

 

Mais informações

- Clique aqui para consultar o Regulamento do Prémio, aprovado pela Deliberação nº 9/15 de 30 de Abril, da Comissão Permanente do Senado da Universidade Agostinho Neto, publicada no Diário da República, IIª série nº 80 de 30 de Abril de 2015.

- Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou 923636805

 

Ler mais ...

Aprecie a Lua hoje! Será a Lua Cheia mais próxima até 2034!

 

O Ano de 2016 irá terminar com 3 Super Luas. O termo Super Lua refere-se essencialmente à lua cheia que está mais perto da terra. A lua fica mais perto da terra em algumas alturas dado que a sua órbita é elíptica. À medida que a Terra e o seu satélite natural (Lua) progridem à volta do Sol, ocorre Lua Cheia quando há um alinhamento do tipo Sol–Terra–Lua. Contudo, a Lua Cheia só ocorre próxima do Perigeu (Ponto da órbita em que a Lua se encontra mais próxima da Terra, por oposição a Apogeu) uma vez por ano, como se pode observar na seguinte figura (Terra e Lua a orbitar à volta do Sol. Lua a orbitar à volta da Terra).

 

Uma Super Lua (Lua Cheia Perigeu) pode ser 14% maior e 30% mais brilhante do que uma Lua Cheia Apogeu, embora nem sempre seja fácil notar a diferença.

 

Esta coincidência acontece três vezes em 2016: 16 de Outubro, 14 de Novembro e 14 de Dezembro. Das três datas, destaca-se o 14 de Novembro, uma vez que aí a Lua Cheia será não só a mais próxima de 2016 como a mais próxima do século 21, até ao momento! Uma Lua Cheia tão próxima só ocorrerá em 2034... Portanto, aprecie a beleza da Lua nos referidos dias!

 

Veja o vídeo da NASA para informação adicional (em inglês): 

https://youtu.be/sWAN0FwfD5M

 

Informação obtida em:

https://science.nasa.gov/news-articles/2016-ends-with-three-supermoons

http://oal.ul.pt/as-3-super-luas-de-2016/

 

Ler mais ...

Comunicado Final da 1ª Conferência de Engenharia e Arquitectura da FEUAN

O Comunicado Final da 1ª Conferência de Engenharia e Arquitectura da Faculdade de Engenharia (CEAFE) da Universidade Agostinho Neto já está disponível (clique aqui para fazer download). 

Relembra-se que a CEAFE, com o lema “Contribuições para a melhoria da qualidade de vida”, realizou-se nos dias 25, 26 e 27 de Outubro de 2016, no Anfiteatro do Departamento de Arquitectura sito na Avenida Ho Chi Min nº 201, Luanda. 

 

Objectivos

1 – Tornar público toda a Produção Científica desenvolvida nos cursos da Faculdade de Engenharia da Universidade Agostinho Neto que contribua para a melhoria da qualidade de vida.

2 – Debater com ministérios, empresas e governos provinciais de Luanda e Bengo uma melhor utilização da produção técnica e científica da Faculdade de Engenharia da Universidade Agostinho Neto por parte destas instituições.

3 - Facilitar um melhor enquadramento dos finalistas no mercado de trabalho.

 

Público-alvo 

Preferencialmente representantes das instituições de ensino superior e de investigação científica, dos ministérios, das empresas e governos provinciais.

 

Painéis

  • Arquitectura
  • Engenharia do Ambiente
  • Engenharia Civil
  • Engenharia Electrotécnica
  • Engenharia Informática
  • Engenharia Mecânica
  • Engenharia Minas
  • Engenharia Química
  • Engenharia de Petróleos 

 

Para mais informações sobre a CEAFE:

https://sites.google.com/site/ceafeuan/edicao-2016

 

Ler mais ...

Candidaturas a Bolsas de Doutoramento no Brasil (CAPES - 2017)

Estão abertas até o dia 25 deste mês as candidaturas para bolsas de estudo no âmbito do Programa Estudantes-Convênio de Pós-Graduação (PEC-PG). O programa resulta de um Protocolo entre instituições brasileiras, nomeadamente a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), o Ministério das Relações Exteriores (MRE) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e tem como um dos objectivos a atribuição de bolsas de estudos a cidadãos de países em via de desenvolvimento para realização de estudos de pós-graduação, a nível de doutoramento, em Instituições de Ensino Superior brasileiras públicas ou privadas, de modo a promover a capacitação académica e permitindo, deste modo, que os estudantes possam contribuir para o desenvolvimento dos seus países.

 

Inscrições e documentos necessários 

Aos interessados, as inscrições devem ser feitas pelo endereço: http://inscricao.capes.gov.br/individual, mediante a apresentação dos seguintes documentos em formato PDF:

  • Certificados de Habilitações Literárias ou Diplomas;
  • Carta de aceitação;
  • Duas (2) cartas de recomendação de professores, pesquisadores ou de pessoas de reconhecida competência na área de estudos do candidato (Anexo II do Manual), devidamente redigidas em língua portuguesa, inglesa ou espanhola (este documento deverá ter data posterior ao lançamento do Edital);
  • Currículo Lattes em formato PDF (instruções em: http://lattes.cnpq.br/.);
  • Curriculum Vitae detalhado;
  • Plano de trabalho detalhado; 
  • Documento de identidade com foto do candidato; 
  • Documentos dos progenitores;
  • Declaração de trabalho, emitida pelo órgão/instituiç̧ão em que trabalha, se for o caso;
  • Comprovante de cumprimento de interstício (ver documento em anexo).

 

Mais informações em:

http://www.capes.gov.br/cooperacao-internacional/multinacional/pec-pg

Ler mais ...
Assinar este feed RSS

Links Úteis

Links Externos

Contactos

Redes Sociais