Menu

Conheça o Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional

 

Criado em 2013, através do Decreto Presidencial nº 154/13, de 9 de Outubro, o Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional (GGPEN) tem o objectivo de gerir e de acompanhar o desenvolvimento do Programa Espacial Nacional, em que integra o ANGOSAT, o primeiro satélite angolano.

No exercício das suas competências, é missão do GGPEN promover o uso pacífico do espaço, bem como conduzir estudos estratégicos que visam estabelecer acordos de cooperação com instituições técnicas e científicas do domínio espacial, assegurando a criação de competências tecnológicas e humanas nacionais e a transferência de tecnologia e do saber fazer no quadro do Programa Espacial Nacional. Esta missão está assente na visão institucional e política de tornar o país numa referência de excelência no âmbito espacial com reconhecimento ao nível mundial na criação e capacitação de quadros altamente qualificados nas áreas de Engenharia e de Tecnologia Espacial. 

O GGPEN é superintendido por uma comissão interministerial coordenada pelo Ministro das Telecomunicações e das Tecnologias de Informação, e tem como Director, Zolana Rui João, Mestre em Tecnologias de Telecomunicações pela Tshwane University of Technology, África do Sul, e Mestre em Engenharia de Electrónica e Telecomunicações pelo French South African Institute of Technology/École Supérieure d'Ingénieurs en Électronique et Électrotechnique (ESIEE) Paris, France. 

Mais informação: http://www.ggpen.gov.ao

 

Ler mais ...

Energia Solar a Partir de Material Reciclável

Recentemente, a Organização Não Governamental (ONG) “Sumando Energias” construiu, em Garín, uma localidade a 40 kms de Buenos Aires (Argentina), vários painéis solares com garrafas de plástico recicladas, latas, caixas e tubos, permitindo que as famílias dessas regiões pudessem ter água quente e energia. Tratam-se de projectos sustentáveis e portanto amigos do ambiente. 

Para Julien Laurençon, um dos voluntários da ONG, “...o desenvolvimento e a energia sustentáveis são uma tendência importante que é preciso seguir e fomentar. Há muito desperdício hoje em dia. Não acontece só nos países subdesenvolvidos ou em desenvolvimento, mas também nos países desenvolvidos. Os países desenvolvidos são os maiores poluidores.”

A ONG montou 36 painéis solares desde 2014 e oferece um workshop de dois dias, para quem quiser aprender a construí-los. Envolver as famílias no processo de construção é fundamental. Angel Guelari, é um dos moradores de Garín que vai usufruir de água quente em casa, graças a esta iniciativa: “São coisas que deitamos fora e que contaminam o ambiente, mas que podem ser utilizadas em algo prático, como para ter água quente em casa. É bom reciclar, eu antes nunca reciclava. Deitava tudo fora, como as garrafas – ficava tudo em sacos de plástico, porque o homem do lixo nunca passava para os vir buscar.”, lê-se no euronews. 

Para construir 30 painéis para chuveiros, são necessárias aproximadamente quatro mil e quinhentas garrafas de plástico – materiais reciclados a favor de uma melhor qualidade de vida de quem necessita.

 

Mais informações

http://pt.euronews.com/2016/11/15/argentina-paineis-solares-engarrafados (Clique no link para ver o vídeo relacionado)

http://www.sumandoenergias.org/#rse

 

Ler mais ...
Assinar este feed RSS

Links Úteis

Links Externos

Contactos

Redes Sociais