Menu

Ciencia.ao - Itens filtrados por data: dezembro 2019

Candidaturas às Bolsas de Mérito para o ano 2020 começam já em Janeiro!

COMUNICADO DE IMPRENSA


No âmbito da materialização do Programa de Envio Anual de 300 Licenciados/Mestres Angolanos com elevado Desempenho e Mérito Académico para as Melhores Universidades do Mundo, aprovado à luz do Decreto Presidencial n.º 67/19 de 22 de Fevereiro, o Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação informa às famílias que as candidaturas às Bolsas de Mérito para o ano de 2020, estarão abertas de 13 de Janeiro a 31 de Março de 2020.
Tendo em conta que se pretende dar tempo para que os candidatos se preparem de forma adequada, vimos por meio deste comunicado, publicar o edital em anexo.
As candidaturas serão feitas exclusivamente através do portal www.inagbeonline.com.

Para mais informação, baixe aqui o EDITAL.

Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, 27 de Dezembro de 2019.

Ler mais ...

Oportunidade: Bolsa de Estudo para Cursos de Formação de Professores para o Ensino Técnico-Profissional

 

A formação de professores para o ensino técnico-profissional é uma das prioridades do RETFOP, Projecto de Revitalização do Ensino Técnico e da Formação Profissional de Angola, desenvolvido com financiamento da União Europeia, no âmbito da cooperação com a República de Angola.

A Universidade Agostinho Neto e a Universidade José Eduardo dos Santos, em conjunto com o ISCED de Luanda e o ISCED do Huambo, oferecem, já no ano escolar de 2020, um total de 11 cursos de formação de professores em diferentes áreas, com um total de 475 vagas, a que podem candidatar-se os diplomados do ensino secundário geral, pedagógico e técnico-profissional, desde que reúnam as condições referidas nas tabelas abaixo.

OS NOVOS CURSOS

Grau académico: Bacharel em Ensino
Duração: 3 anos
Onde vão funcionar?
Luanda - Universidade Agostinho Neto – Faculdade de Engenharia
Huambo – Universidade José Eduardo dos Santos – Faculdade de Ciências Agrárias


INSCRIÇÕES

As inscrições aos cursos serão efectuadas na UNIVERSIDADE AGOSTINHO NETO –CAMPUS – CAMAMA (em Luanda) e na FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS da UNIVERSIDADE JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS (no Huambo), obedecendo os calendários normais das respectivas Universidades.

 

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA A INSCRIÇÃO

No acto da inscrição o candidato(a) deve apresentar os seguintes documentos:
1. Original do Certificado de habilitações (curso médio ou pré-universitário ou antigo 7º Ano do Liceu ou Diploma Estrangeiro reconhecido pelo MED) com notas discriminadas de todas as disciplinas e anos, acompanhada de uma fotocópia que ficará arquivada, depois de confrontada com o original.
2. Original do B.I. acompanhado de uma fotocópia que ficará arquivada depois de confrontada com o original.
3. Atestado da situação Militar Regularizada para os candidatos em idade militar.
4. Três (3) fotografias coloridas tipo passe e recentes.


APOIOS PARA A FREQUÊNCIA DOS CURSOS

Todos os alunos matriculados, nos cursos de formação de professores, terão direito a uma bolsa de estudo de valor a fixar no respectivo regulamento, mediante a assinatura de um contrato de bolseiro. A Bolsa será atribuída após a realização da matrícula num dos cursos referidos acima.

 

Para mais informação baixe aqui o Flyer Informativo.

Ler mais ...

Oportunidade: Candidate-se às bolsas da China para 2020!

O Instituto Nacional de Gestão de Bolsas de Estudo (INAGBE) informa que estão abertas, até ao dia 3 de Janeiro de 2020, as candidaturas às bolsas de estudo externas (BEE) de graduação e pós-graduação, para a República da China.

Para a graduação estão disponíveis os cursos das áreas técnicas e tecnológicas e das ciências da saúde.
Para a pós-graduação estão disponíveis cursos de todas as áreas.
As candidaturas devem ser feitas no portal do INAGBE (www.inagbeonline.com)

 

Requisitos para a Candidatura às BEE para os cursos de graduação:

• Ter nacionalidade angolana e residência permanente no país;
• Ter idade não superior a 22 (vinte e dois) anos;
• Ter comportamento moral, cívico e patriótico de referência;
• Possuir média não inferior a 14 (catorze) valores, particularmente nas disciplinas de base para o curso escolhido, excepto se outra for a exigência do país doador;
• Não ter interrompido o ciclo de formação após a conclusão do II Ciclo do Ensino Secundário por um período superior a 1 (um) ano;
• Possuir aptidão física e mental, comprovada por Atestado Médico;
• Ter situação militar regularizada devidamente comprovada, para os cidadãos do sexo masculino;
• Preencher as exigências estabelecidas pelo país doador e acolhedor.


Requisitos para a candidatura às BEE para os cursos pós-graduação:

• Ter nacionalidade angolana com residência permanente no País;
• Ter idade não superior a 35 (trinta e cinco) anos para cursos de mestrado e 45 (quarenta e cinco) anos para cursos de doutoramento;
• Ter comportamento moral, cívico e patriótico irrepreensível;
• Ter experiência profissional comprovada na área de conhecimento em que se formou e em que pretende fazer mestrado ou doutoramento;
• Apresentar um projecto de investigação científica da sua área de conhecimento, com relevância para o desenvolvimento local, regional ou nacional, validado pelo Conselho Científico de uma Instituição de Ensino Superior do País indicado pelo serviço competente do Órgão de Tutela;
• Preencher os requisitos estabelecidos pelos país doador ou acolhedor.

 

Documentos para a candidatura

• Bilhete de Identidade;
• Certificado de habilitações literárias e/ou diploma;
• Registo criminal;
• Atestado Médico;
• Talão de recenciamento militar para os homens.

*Decreto Presidencial nº165/14, de 19 de junho, Regulamento de Bolsas de Estudo Externas

Ler mais ...

GBIF Abre Vaga para Administrador de Dados. Candidate-se!

O Sistema Global de Informação sobre a Biodiversidade (GBIF) é uma organização internacional baseada num acordo multilateral entre países e organizações internacionais com o objectivo de disponibilizar dados científicos da biodiversidade via Internet. O GBIF é um empregador de oportunidades iguais e aceita solicitações sem distinção com base em gênero, cor, origem racial, social ou étnica, características genéticas, idioma, religião ou crença, opinião política ou qualquer outra opinião, pertencendo a uma minoria nacional, propriedade, nascimento, deficiência, idade ou orientação sexual, estado civil ou situação familiar ou qualquer outro status. Os funcionários são recrutados na base geográfica mais ampla possível.

O Secretariado do GBIF, localizado em Copenhague, torna público a abertura de uma posição no papel de Administrador de Dados, para trabalhar numa pequena equipa responsável pelo conteúdo e qualidade dos dados do GBIF. As responsabilidades incluem publicador de dados e suporte ao utilizador em todo o índice e portal de dados GBIF (GBIF.org). Esta é uma posição de período integral, limitada à duração de até 6 meses, e localizada em Copenhague, na Dinamarca. A descrição da função e tarefa é a seguinte:

O candidato trabalhará como parte da equipa de produtos de dados encarregada de gerir todos os aspectos do processamento e do conteúdo dos dados. Esse é um papel variado, incluindo elementos de agendar, supervisionar e solucionar problemas da ingestão de dados de uma rede distribuída de conjuntos de dados de colecta e observação suporte a editores e utilizadores de dados com perguntas técnicas e relacionadas ao conteúdo de dados, mobilizar novos recursos de dados por meio de interações com a comunidade biológica, documentar e comunicar o conteúdo dos dados e os requisitos de qualidade, além de solucionar problemas diagnosticados com o conteúdo dos dados, suporte à comunidade de editores de registo para redes de publicação de dados e o catálogo de colecções (GrBio / GrSciColl).

 

Habilidades e experiência preferidas:

 Esta posição por tempo limitado é mais adequada para candidatos da comunidade mais ampla do GBIF que já possuem um sólido conhecimento prático de:

  • O conteúdo, estrutura e componentes dos dados por trás do GBIF.org;
  • O GBT Integrated Publishing Toolkit (IPT);
  • XML e experiência com padrões relevantes para troca de dados (por exemplo, Darwin Core Archive, ABCD / BioCASe, EML);
  • Bases de dados relacionais e SQL, bem como experiência com processamento de dados, trabalhando com grandes bases de dados;
  • Compreensão básica dos serviços da Web JSON e seu uso;
  • Outras habilidades desejáveis ​​incluem:
  • Conhecimento de R ou Python será uma vantagem;
  • Conhecimento básico do sistema operacional Linux;
  • Experiência anterior trabalhando na qualidade dos dados será uma vantagem;
  • Capacidade de trabalhar em um ambiente de língua inglesa;
  • Habilidades profissionais em relação ao suporte, orientação e feedback para contactos internos e externos com variadas origens profissionais e culturais;
  • Capacidade de trabalhar de forma independente e como parte de uma equipa.

 

O GBIF oferece:

  • Uma boa atmosfera de equipa e ambiente de trabalho internacional vibrante;
  • A oportunidade de aprender e usar tecnologias de ponta de big data do ecossistema Hadoop (Hive, Oozie, Elasticsearch, Spark);
  • A oportunidade de trabalhar publicamente em projectos de código aberto, tendo envolvimento directo com a comunidade internacional de detentores de dados;
  • Mais importante, oferecemos a chance de contribuir significativamente para um esforço internacional para construir e executar a plataforma global da Web para dados abertos da biodiversidade.

Esta publicação é uma ótima oportunidade para um candidato que tem um bom olho nos detalhes, é proactivo na correcção de problemas e gosta de ver as coisas melhorarem. Você estará trabalhando para uma organização internacional num ambiente de ciência e tecnologia em informática da biodiversidade para o desenvolvimento sustentável. Se você atender a esses requisitos, aguardamos a sua resposta.

 

Remuneração:

Os salários do GBIF são competitivos e isentos do imposto de renda dinamarquês. O candidato selecionado deverá residir na Dinamarca durante a vigência do contracto.

 

Procedimento de inscrição e prazo:

Para se inscrever, envie o curriculum vitae (no máximo 2 páginas A4) junto com uma carta de apresentação (no máximo 1 página A4), detalhando suas habilidades e qualificações e como você pretende agregar valor ao GBIF.

As inscrições devem ser enviadas em inglês por e-mail para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. até 10 de Janeiro de 2020.

Indique na inscrição onde você viu este anúncio. Perguntas sobre o cargo podem ser dirigidas à Chefe de Produtos de Dados, Andrea Hahn, em Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., ou à Gerente de RH, Susanne Sheldon, em Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

As entrevistas para o cargo devem ocorrer em meados de Janeiro de 2020. 

Ler mais ...

Concurso Público para Membro do Comité Director do Escritório Regional para a Africa Austral da “Future Earth”

O Secretariado do Escritório Regional para a Africa Austral da “Future Earth” (FEROSA) e o Escritório Regional para a África do Conselho Científico Internacional lançam um concurso público parra a selecção de candidatos à membro do Comité Director do FEROSA.

A selecção dos candidatos terá em consideração a representação geográfica na África Austral, o equilíbrio entre ciências físicas e sociais, o género e a representação dos jovens, o sector privado e as organizações não-governamentais, bem como representantes de Instituições governamentais dos Estados Membros da SADC.

As candidaturas deverão ser submetidas ao Secretário Executivo do FEROSA, Sr. Thabo Dikgale, através do endereço Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. , ou Sr. Nomasomi Gasa, Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.  e devem conter evidências da contribuição ou liderança na área de especialidade, da gestão regional/internacional e projectos, da experiência no engajamento dos parceiros/comunidades locais, na produção, analise e implementação de políticas, no desenvolvimento de planos/estratégias de negócios, desenvolvimento de projectos e conhecimento sobre a Future Earth e suas prioridades.

Por favor, ter em atenção as datas:

  1. de 6 de Dezembro 2019 a 27 Janeiro 2020 para submissão das candidaturas;
  2. 14 de Fevereiro 2020 para a divulgação dos resultados;
  3. 28 de Fevereiro para assinatura dos contratos. 

Informações adicionais poderão ser obtidas no endereço https://futureearth.org/2019/12/03/call-for-nominations-future-earth-regional-office-for-southern-africa-committee/

 

Ler mais ...

Informação: Curso de Inglês para os Bolseiros de Mérito (Programa dos 300)

O Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI) está a realizar um processo de contratação de uma empresa que irá ministrar o curso de inglês para os candidatos aprovados no âmbito das bolsas de mérito (Programa 300), que manifestaram o seu interesse em realizar os seus estudos em países anglófonos.

Dadas as questões burocráticas no âmbito do processo de contratação pública da entidade/empresa que prestará este serviço, somos a informar que o horizonte temporal deste processo tem previsão de conclusão no final do mês em curso (Dezembro). Neste contexto, informamos aos candidatos em causa, que só será possível dar início ao curso de inglês no mês de Janeiro de 2020.

Desde já, apelamos aos referidos candidatos a máxima compreensão e paciência, reiterando o nosso compromisso na materialização do programa do qual fazem parte.

Cientes de que este assunto merecerá a vossa especial atenção, subscrevemo-nos com elevada estima e consideração.


O Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, em Luanda, aos 05 de Dezembro de 2019.

Ler mais ...

Estratégia da UNESCO para Criação de Institutos e Centros Categoria 2

 

A Organização das Nações Unidas para a Educação, Cultura e Ciência (UNESCO) tornou público a Estratégia Integrada para os Institutos e Centros de Categoria 2, sob os auspícios da UNESCO. Estes Institutos/centros são estabelecidos e fundados pelos Estados Membros com o propósito de contribuir para a prossecução dos objectivos da UNESCO. Tais instituições ficam, legalmente, associados à Organização por meio de um Acordo Legal, entre a UNESCO e o País Membro que hospeda os institutos/Centros. Estas Instituições de categoria 2 são seleccionadas na base de uma proposta do Estado Membro, referindo o nível da sua especialização numa das áreas de competência da UNESCO. Os Institutos/Centros contribuem, por via da partilha do conhecimento e da investigação científica, de forma valiosa e singular, para os Objectivos do Programa Estratégico da UNESCO, que beneficia aos Países Membros (https://en.unesco.org/international-networks/category-2-institutes).

Os Institutos e Centros de Categoria 2 podem ser criados nos seguintes sectores e serviços:

  • Educação;
  • Ciências Naturais;
  • Comissão Oceanográfica Intergovernamental;
  • Ciências Sociais e Humanidades;
  • Cultura;
  • Comunicação e Informação;
  • Planificação Estratégica.

A Estratégia Integrada, as orientações sobre a criação de novos Institutos/Centros de Categoria 2 ou a renovação dos existentes, bem como o Modelo de Acordo poderão ser encontradas no Documento 37 C/18 Parte I, nos seguintes endereços: http://www.unesco.org/new/en/bureau-of-strategic-planning/resources/category-2-institutes/ ou http://www.unesco.org/new/fileadmin/MULTIMEDIA/HQ/BSP/pdf/en-37-C-18-PART_I.pdf

Ler mais ...
Assinar este feed RSS

Links Úteis

Links Externos

Contactos

Redes Sociais