Menu

Ciencia.ao - Itens filtrados por data: fevereiro 2022

Moçambique e Angola Celebram 60 Anos de Ensino Superior com a realização de uma Conferência Internacional

O Ministério do Ensino Superior, Ciência Tecnologia e Inovação de Angola e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Moçambique realizaram hoje, dia 24 de Fevereiro de 2022, às 10:00, em formato virtual, o Acto de Lançamento das Celebrações dos 60 Anos de Ensino Superior de ambos os países.
 
A actividade contou com a intervenção dos Titulares de ambos Departamentos Ministeriais, nomeadamente: Prof. Dra. Maria do Rosário Bragança (MESCTI) e Dr. Daniel Daniel Nivagara (MCTES).
 
O objectivo geral das celebrações dos 60 anos do ensino superior em Moçambique e em Angola é o de gerar uma reflexão sobre o passado, o presente, os desafios e as perspectivas do subsistema de ensino superior e os seus contributos no desenvolvimento da sociedade, através da mobilização dos actores do subsistema, stakholders e parceiros.
 
As celebrações dos 60 anos do ensino superior em Moçambique e em Angola, no ano de 2022, constituem uma ocasião fundamental para os Governos de Moçambique e de Angola mobilizarem os diversos actores da sociedade, nacionais e estrangeiros, para participarem em debates sobre as reformas da política pública do ensino superior e as consequentes acções, na busca de propostas exequíveis para responder aos principais desafios, através de conferências internacionais, nacionais, regionais, eventos virtuais e de outras modalidades, para colher o melhor da inteligência colectiva da esfera pública que, a posterior, possam ser transformadas em planos de acção concretos.  
 
As celebrações culminarão com uma conferência internacional a ter lugar de 29 de Junho a 01 de Julho 2022, em Maputo - Moçambique, sob a égide das entidades que tutelam o ensino superior em Moçambique e em Angola, com o lema "CONSOLIDAR UM ENSINO SUPERIOR DE QUALIDADE”.  No entanto, como forma de manter o debate activo e inclusivo, iniciativas paralelas serão levadas a cabo pelas próprias instituições de ensino superior, nos dois países, contribuindo para o alargamento das esferas de debate e das comemorações. 
 
 
O Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, em Luanda, aos 24 de Fevereiro de 2022.
 
Ler mais ...

MESCTI e PNUD apresentam Plano Estratégico para Implementação de Incubadoras Universitárias

O Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI) em colaboração com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), realizou no dia 18 de Fevereiro do presente ano, às 08:30, na sala de reuniões do 6º andar do seu edifício sede, sito na Rua do MAT, Complexo Administrativo Clássicos de Talatona, Edifício 2, em Luanda, o acto de apresentação do Plano Estratégico para a Implementação de Incubadoras Universitárias.
 
O Plano Estratégico foi apresentado pela PLURÁLIA: Consultoria e Formação Lda, e servirá como guia para orientar o estabelecimento de incubadoras universitárias nas Instituições de Ensino Superior e assegurar o seu funcionamento integrado, considerando um conjunto de valores, linhas orientadoras, padrões e objectivos comuns.
 
O Plano de Desenvolvimento Nacional (PDN-2018-2022) sublinha a promoção do empreendedorismo como um dos pilares para o desenvolvimento social e económico do país. 
 
A promoção do desenvolvimento das micro, pequenas e médias empresas e a inovação continua a ser uma das prioridades principais do Governo. A inovação e transferência tecnológica têm a capacidade de favorecer o empreendedorismo. Este é um dado substanciado na Política Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (PNCTI).
 
Atendendo a conjuntura de empregabilidade nos negócios tradicionais, é essencial criar as condições para o estímulo do empreendedorismo e inovação, como forma de, não apenas dar resposta às necessidades de subsistência para os jovens, como de transformar problemas e necessidades em oportunidades para criar negócios prósperos e bons empregos. 
 
O Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI) pretende estabelecer Incubadoras a nível das Instituições Públicas de Ensino Superior, para fomentar o empreendedorismo na academia, transformar a investigação em produtos e promover a criação de novas empresas.
 
O MESCTI e o PNUD assinaram um Memorando de Entendimento em 2020 que visa a criação de estratégias que contribuem para o fortalecimento, fomento e formalização de um ecossistema de empreendedorismo e inovação nas IES, cujos principais objectivos são os seguintes:
  • Elaboração de estudo de diagnóstico participativo sobre o sector da Inovação e empreendedorismo em Angola;
  • Assistência técnica para criação de incubadoras universitárias; 
  • Criação de uma de Rede de Transferência de Tecnologia e Inovação; 
  • Apoio ao desenvolvimento de políticas para a regulamentação do ecossistema de inovação e empreendedorismo; 
  • Reforço das capacidades e competências profissionais através de oportunidades de formação e de estágios curriculares não remunerados;
  • Assistência Técnica para estudo e elaboração de estratégias para a Captação de financiamento. 
O acto foi presidido por Sua Excelência Secretário de Estado para a Ciência, Tecnologia e Inovação, Prof. Dr. Domingos da Silva Neto, pelo PNUD fez-se presente o Dr. José Félix, Chefe da Unidade de Crescimento Inclusivo, a PLURÁLIA:  Consultoria e Formação Lda, esteve representada pelo Dr. Ricardo Martins e pela Dra. Ana Pereira. Estive presente também a Equipa do Laboratório de Aceleração e quadros seniores do MESCTI.
 
O MINISTÉRIO DO ENSINO SUPERIOR, CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO, em Luanda, aos 18 de Fevereiro de 2022.
Ler mais ...

PDCT: Anúncio de Assinatura da Adenda N°5 do Contrato - Análise dos Sistemas Nacionais de Propriedade Intelectual e Proposta de Melhoria

REPÚBLICA DE ANGOLA

MINISTÉRIO DO ENSINO SUPERIOR, CIÊNCIA TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

PROJECTO DE DESENVOLVIMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

 

ANÚNCIO DE ASSINATURA DA ADENDA N°5 DO CONTRATO N° PDCT-C013/QCBS/2018

O Projecto de Desenvolvimento de Ciência e Tecnologia (PDCT) é um projecto do Governo de Angola, em execução pelo Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI), financiado em 90% através de um empréstimo do Banco Africano de Desenvolvimento (DP n.°11/16, de 25 de Janeiro). O PDCT é de âmbito nacional e visa contribuir para a diversificação da economia através da inovação científica e tecnológica. Especificamente, o PDCT envolve o i) apoio às actividades de investigação científica nos domínios prioritários para a diversificação da economia e a ii) criação de um ambiente favorável à ciência, tecnologia e inovação.

Um dos objectivos do PDCT é o financiamento de um estudo intitulado "Análise dos Sistemas Nacionais de Propriedade Intelectual e Proposta de Melhoria". Assim, foi contratada uma empresa por Concurso Público Internacional (clique aqui para baixar o Anúncio de Adjudicação). Considerando a necessidade de tempo adicional foi assinada a Adenda N°5. Clique aqui para baixar o respectivo Anúncio de Assinatura.
 

 

Ler mais ...

PDCT: Anúncio de Assinatura da Adenda N°6 do Contrato - Estudo sobre a Disparidade Baseada no Género em Ciência e Tecnologia

REPÚBLICA DE ANGOLA

MINISTÉRIO DO ENSINO SUPERIOR, CIÊNCIA TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

PROJECTO DE DESENVOLVIMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

 

ANÚNCIO DE ASSINATURA DA ADENDA N°6 DO CONTRATO N° PDCT-C007/QCBS/2018

O Projecto de Desenvolvimento de Ciência e Tecnologia (PDCT) é um projecto do Governo de Angola, em execução pelo Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI), financiado em 90% através de um empréstimo do Banco Africano de Desenvolvimento (DP n.°11/16, de 25 de Janeiro). O PDCT é de âmbito nacional e visa contribuir para a diversificação da economia através da inovação científica e tecnológica. Especificamente, o PDCT envolve o i) apoio às actividades de investigação científica nos domínios prioritários para a diversificação da economia e a ii) criação de um ambiente favorável à ciência, tecnologia e inovação.

Um dos objectivos do PDCT é o financiamento de um Estudo sobre a Disparidade Baseada no Género em Ciência e Tecnologia. Assim, foi contratada uma empresa por Concurso Público Internacional (clique aqui para baixar o Anúncio de Adjudicação). Considerando a necessidade de tempo adicional foi assinada a Adenda N°6. Clique aqui para baixar o respectivo Anúncio de Assinatura.
 

 

Ler mais ...

FMUP acolhe 8ª Conferência Europeia sobre Ética e Integridade Académica de 4 a 6 de Maio de 2022 - Submissão de Resumos até 28 de Fevereiro. Participe!

  • Publicado em Eventos

Entre os dias 4 e 6 de maio, a Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) será o palco da “European Conference on Academic Integrity and Plagiarism 2022”, este ano dedicada ao tema “Ética e Integridade num mundo em mudança”.

O evento, que irá decorrer no Centro de Investigação Médica da FMUP, tem como objetivo a partilha e a promoção de práticas responsáveis em vários domínios científicos relacionados com a integridade académica e a ética em investigação, “contribuindo para a excelência do ensino e da investigação e a confiança pública na ciência”.

Ao longo de três dias, serão debatidos temas relacionados com as políticas de integridade académica, a importância da integridade no desenvolvimento profissional, as influências culturais na integridade e no comportamento ético, o apoio às vítimas de fraude, a investigação em integridade académica e a confiança pública na ciência, entre outros assuntos.

O evento decorrerá em regime híbrido e tem já confirmadas as presenças dos oradores convidados Ana Marušić, Daniele Fanelli, Elisabeth Bik e Teddi Fishman.

Até ao próximo dia 28 de fevereiro, está aberto o período para o envio de resumos a apresentar durante os dias da conferência. Os trabalhos aceites serão depois reunidos em ebook e ficarão disponíveis no site da “European Network for Academic Integrity”.

 

Para mais informação, aceda: https://academicintegrity.eu/conference/

 

Ler mais ...

ICGEB e Faculdade de Medicina da UAN realizam 2º Simpósio Internacional de Genética de 24 a 25 de Junho 2022 - Participe!

  • Publicado em Eventos

A Área de Genética da Faculdade de Medicina da Universidade Agostinho Neto (FM-UAN) (LabGene) realizará nos dias 24 e 25 de Junho do presente ano, o II Simpósio Internacional de Genética sob o lema: "O Futuro da Genética em Angola".

Convidados nacionais e internacionais, experts em Genética, Genómica e Biologia Molecular, entidades e figuras públicas ligadas a académia, saúde e desenvolvimento social, terão a oportunidade de discutir sobre os dados, estratégias, e projectos sociais, científicos e académicos que ligarão os problemas do presente às soluções disponíveis para o futuro no âmbito da Genética em Angola.

O evento tem suporte e enquadra-se na agenda científica do ICGEB (International Centre for Genetic Engineering and Biotechnology) do qual o nosso país é membro. A actividade decorrerá na modalidade híbrida, presencial e online, e estima-se a participação de mais de 200 pessoas.

PARTICIPE!

Para mais informação aceda: https://www.icgeb.org/the-future-of-genetics-angola-2022/

Ler mais ...
Assinar este feed RSS

Links Úteis

Links Externos

Contactos

Redes Sociais