Menu

Ciencia.ao - Itens filtrados por data: junho 2021

Participe na Escola de Verão da MEDCIDS - Candidaturas à 1 de Julho de 2021

O Departamento de Medicina da Comunidade, Informação e Decisão em Saúde – MEDCIDS – da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto organiza em Julho e Setembro de 2021 uma nova edição da sua Escola de Verão, propondo a estudantes e profissionais um conjunto diversificado de cursos, workshops webinars nas áreas da Medicina Geral e Familiar, Metodologia de Investigação, Ciência de Dados, Estatística Médica, Bioética e História da Medicina.

Empenhado desde a sua origem na inovação científica e pedagógica, o MEDCIDS promove, nesta Escola de Verão, a utilização de tecnologias de apoio ao ensino híbrido ou totalmente à distância, procurando aproximar pessoas e instituições geograficamente dispersas e de diferentes áreas do conhecimento.

A primeira parte deste evento de educação contínua começará no dia 2 de Julho e prolonga-se até 15 de Julho, voltando em força a 6 de Setembro (Flyer).

Para mais informação sobre os cursos, workshops e webinars aceda o link: https://escolaverao.med.up.pt/

Ler mais ...

Candidaturas Abertas para o Bootcamp de Pesquisa e Inovação em Nanotecnologia - Até 20 de Julho

A Sociedade Africana de Pesquisa de Materiais (AMRS) em colaboração com a Comissão Económica das Nações Unidas para a África (UNECA) está a organizar um Bootcamp de Pesquisa e Inovação em Nanotecnologia. 

O Bootcamp tem como objectivo capacitar alunos de graduação, pós-graduação e pós-doutorandos com interesse no uso de uma tecnologia alternativa para o desenvolvimento da África. 

Um total de 100 participantes das cinco regiões de África serão selecionados após a avaliação das suas candidaturas. A avaliação visa selecionar um máximo de 20 participantes de cada uma das cinco regiões de África.

Por meio da interação com mentores, discussões em grupos de ideação focados e participação em palestras ministradas por especialistas mundiais durante o bootcamp, os talentos dos candidatos serão cultivados.

No final do bootcamp, 5 participantes serão selecionados para orientação adicional em uma instituição de um especialista mundial em nanotecnologia. A expectativa é que, no final do período de estágio, cada um dos candidatos se aventure no empreendedorismo em nanotecnologia ou na investigação em nanotecnologia para o desenvolvimento do continente Africano.

A AMRS irá facilitar o financiamento para a colocação dos 5 candidatos. A intenção da AMRS é fazer do bootcamp de nanotecnologia um evento anual com a esperança de que estimule o interesse pela nanotecnologia para o desenvolvimento de África.

Datas importantes:

  • Abertura do portal de candidaturas: 7 de Junho 2021
  • Prazo para inscrições: 20 de julho de 2021
  • Notificação do resultado das candidaturas: 1 de Agosto de 2021

Para mais informação, entre contacto com: Prof Dickson Andala em Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou https://africanmrs.net/

Ler mais ...

Candidaturas Abertas para Atribuição de Medalhas de Mérito Científico REN - Ciência LP - Até 20 de Julho 2021

Estão abertas as candidaturas para atribuição de Medalhas de Mérito Científico REN - Ciência LP, até o dia 20 de Julho de 2021.
As Medalhas de Mérito Científico REN – Ciência LP resultam de uma parceria entre a REN, o Centro Ciência LP e a Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), e visam reconhecer e valorizar trabalhos de investigação realizados por jovens oriundos/as de países africanos de língua portuguesa, em áreas da energia e transição energética.

Destinatários

As Medalhas de Mérito Científico REN - Ciência LP, podem ser atribuídas em duas categorias:

  • Mulheres até aos 35 anos, oriundas de países africanos de língua portuguesa que tenham realizado projectos de investigação no âmbito da sua formação avançada (mestrado ou doutoramento), em áreas de transição energética;
  • Estudantes (M/F) oriundos de países africanos de língua portuguesa, que tenham realizado projectos de investigação no âmbito da sua formação avançada (mestrado ou doutoramento), cujo objecto de estudo seja a transição energética em África;

Prémios

As Medalhas de Mérito Científico têm associado um valor pecuniário e poderão ser atribuídos dois prémios:

  • Mulheres até aos 35 anos: 1º Prémio: 5.000 € (cinco mil euros), 2º Prémio: 2.500 € (dois mil e quinhentos euros);
  • Estudantes (M/F): 1º Prémio: 5.000 € (cinco mil euros), 2º Prémio: 2.500 € (dois mil e quinhentos euros).

Serão atribuídos diplomas alusivos à Medalha de Mérito Científico, dos quais constarão a identificação do/a premiado/a, o título do trabalho e o ano a que se reporta. 

Os candidatos deverão remeter a sua candidatura do seguinte e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

Para mais informação, consulte aqui o regulamento.

Ler mais ...

Chamada para candidaturas ao Programa ARISE - Financiado pela União Europeia - para Investigadores Africados em Início de Carreira – Até 30/07/21

A Academia Africana de Ciências anuncia a abertura de candidaturas para o programa piloto ARISE, financiado pela União Europeia (UE) através do Programa Pan-Africano com um compromisso de 25 milhões de Euros (aproximadamente 30 milhões de USD) para capacitar os investigadores Africanos em início de carreira para a criação de investigação inovadora em toda a África.

O programa piloto ARISE está alinhado com as prioridades de cooperação da UE e da UA através do Programa Pan-Africano, com o objectivo de capacitar pelo menos 40 líderes Africanos emergentes em investigação, em 40 países Africanos. Os beneficiários do ARISE receberão subsídios até 500 000€ para iniciarem as suas próprias equipas de investigação independente e fornecerem investigação inovadora em qualquer área do domínio científico, ao longo de um período de cinco anos.
 
Quem pode candidatar-se!

A oferta está aberta a investigadores Africanos com 2 a 7 anos de experiência em investigação pós-doutoramento, um registo científico que mostre óptimas perspectivas, e uma excelente proposta de investigação para conduzir investigação de ponta numa universidade ou instituição de investigação Africana.
 
Informação adicional

O Convite para submissão de candidaturas preliminares (Manifestações de Interesse) para os subsídios do programa piloto ARISE estará aberta até o dia 30 de Julho de 2021, período após o qual os candidatos seleccionados serão convidados a submeter as suas candidaturas completas entre Setembro e Outubro de 2021.
O valor máximo do subsídio por projecto será um montante global de 500 000 € por um período não superior a 60 meses.

Mais informação sobre este pedido está disponível em https://www.aasciences.africa/call/arise 

Ler mais ...

Convite à Apresentação de Pré-Propostas para Atribuição de Subvenções para Criação de Cursos de Pós-Graduação

No quadro das suas acções para o desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação e de financiamento da pós-graduação, o Programa UNI.AO torna público o presente edital e convoca os interessados a apresentarem Pré-propostas para a atribuição de contratos de subvenções para a criação e implementação de novos cursos de pós-graduação (mestrado, doutoramento ou cursos de especialização) e/ou melhoria dos cursos de pós-graduação existentes.

O objectivo do edital é oferecer uma oportunidade de apoio financeiro que visa contribuir para a formação de quadros especializados, altamente qualificados, dotar o país de competências dos recursos humanos e apoiar o esforço do executivo angolano na sua estratégia de desenvolvimento e de diversificação económica.

Para efeito deste edital, as propostas deverão ser apresentadas por Instituições de Ensino Superior, angolanas, públicas ou privadas, legalmente criadas e exercendo actividade de ensino superior há pelo menos 5 anos. A data e hora limites para o envio das propostas é até ao dia 26/07/2021, às 18 horas de Luanda.

Serão apoiadas, prioritariamente (mas não exclusivamente), propostas de criação/implementação de um novo curso de pós-graduação e de apoio a um curso de pós-graduação já existente nas seguintes áreas, consideradas prioritárias:

  1. Agro-indústria, pecuária, florestas e pescas

Em particular Engenharia agrónoma, veterinária, engenharia florestal, engenharia industrial.

  1. Energia e electricidade

Em particular engenharia hidráulica, engenheira de energias renováveis, engenharia eléctrica, engenharia eletrotécnica, engenharia eletromecânica.

  1. Tecnologia de informação e comunicação (TIC)

Em particular engenharia de redes e telecomunicações, engenharia informática, marketing digital.

  1. Logística, transportes e construção

Em particular Engenharia civil, engenharia mecânica, engenharia industrial.

  1. Água, saneamento e meio-ambiente

Em particular engenharia ambiental, engenharia química, engenharia hidráulica.

  1. Finanças, seguros e serviços financeiros

Em particular gestão e contabilidade.

  1. Saúde

Em particular saúde pública, agregação pedagógica especializada em medicina, bioética, bioestatística, investigação científica.

  1. Educação

Em particular gestão escolar-educacional, administração escolar e inspecção escolar, tecnologias educacionais, psicopedagogia, supervisão pedagógica.

As subvenções ao abrigo deste edital - convite de apresentação de pré-propostas - estão compreendidas entre os montantes de 40 000,00 EUR (mínimo) e 150 000,00 EUR (máximo).
O regulamento e os formulários a preencher para submeter a sua pré-proposta estão disponíveis no seguinte Link:https://www.marches-publics.gouv.fr/?page=entreprise.EntrepriseAdvancedSearch&AllCons&refConsultation=780751&orgAcronyme=s2d

Só poderá candidatar-se usando a plataforma de contratação pública PLACE. O cadastro na plataforma é aconselhado.
Para mais informações, consultar o site https://www.ciencia.ao/oportunidades e as páginas Facebook https://www.facebook.com/programauniao e LinkedIn https://www.linkedin.com/company/uni-ao/ do programa UNI.AO.

A equipa do programa organizará 3 sessões online para esclarecer possíveis dúvidas. As datas e os links são informados no Regulamento do edital, no site e redes sociais do programa. 


Não perca esta oportunidade!

Ler mais ...

BIC África realiza Treinamento Online para Desenvolvimento de Habilidades de Incubadora de Empresas - Inscreva-se até o dia 17 de Junho

 

A BIC África, em colaboração com seus principais parceiros, organiza o primeiro de uma série de actividades de treinamento, dentre: seis módulos de treinamento, três dias com principais especialistas, interação e construção de rede, etc. 

As Delegações da União Europeia em Angola, Etiópia, Madagáscar e Somália, a Rede Regional de Incubadoras de Empresas na África Subsariana (financiada pela União Europeia e implementada pela EBN) e a comunidade de incubadoras certificadas de qualidade da EU | BIC dão as boas-vindas a todos os candidatos interessados a juntar-se ao grupo internacional de Organizações de Apoio a Negócios em Angola, Etiópia, Madagáscar, Somália e Europa.

Sobre o evento

Neste treinamento online, os participantes aumentarão seus conhecimentos e habilidades práticas em:

  • Oferecer serviços de start-up sob medida para as necessidades de empreendedores inovadores em sua região;
  • Monitorar o desempenho da sua organização para melhoria contínua;
  • Aprimorar suas ferramentas e estratégias para se conectar com os financiadores;
  • Promover as actividades da organização na área de captação;
  • Engajar-se com as principais partes interessadas.

O evento terá como vantagens às seguintes:

  • Sessões com prelecção dos principais especialistas na área de incubação de negócios e tecnologia;
  • Partilha de conhecimento prático e conciso em sessões de 45 minutos e perguntas e respostas de 15 minutos;
  • Apresentação de painéis interativos, enquetes, recursos de chat e feedback dos participantes em tempo real.

Público-Alvo

Este treinamento é oferecido gratuitamente para representantes de incubadoras, câmaras de comércio e indústria, universidades e centros de empreendedorismo e outras estruturas de apoio ao desenvolvimento empresarial.

 

Para se inscrever (vagas limitadas disponíveis), deverá confirmar a sua participação antes de 17 de Junho de 2021, às 18:00, enviando um e-mail para: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

Para mais informação, baixe aqui o PDF.

 

Ler mais ...

Candidaturas Abertas para o Programa de Estudantes-Convênio de Graduação do Brasil: PEC-G 2022 - Até 20 de Julho 2021

Estão abertas as candidaturas para o Programa de Estudantes-Convênio de Graduação (PEC-G) 2022, até o dia 20 de Julho de 2021.

O PEC-G constitui-se em um conjunto de actividades e procedimentos de cooperação educacional internacional, preferencialmente com os países em desenvolvimento, com base em acordos bilaterais vigentes, e caracteriza-se pela formação de estudantes estrangeiros em cursos de graduação no Brasil e posterior retorno ao país de origem.

Para este programa, estão habilitados a candidatar-se todos os candidatos nacionais de países com os quais o Brasil mantém acordos de cooperação nas áreas educacionais, culturais ou científico-tecnológicos, que não tenham nacionalidade brasileira nem progenitores brasileiros.

INSCRIÇÃO

A inscrição para o Processo Selectivo do PEC-G 2022 é gratuita e deverá ser realizada junto à missão diplomática brasileira do país de residência do candidato, conforme edital em anexo.

O candidato deverá comparecer à missão diplomática brasileira para preenchimento do Formulário de Inscrição ao Processo Selectivo, com os seguintes documentos:

  • Original e cópia do certificado de conclusão do ensino médio ou documento equivalente;
  • Original e cópia do histórico escolar com a relação de disciplinas e notas obtidas durante todos os anos do ensino médio;
  • Original e cópia do Bilhete de Identidade do candidato e de seus progenitores;
  • Original e cópia do certificado de aprovação no Celpe-Bras (para candidatos cuja língua oficial não é a Língua Portuguesa); 
  • Atestado médico emitido com, no máximo, 90 dias de antecedência à apresentação da candidatura;
  • Termo de Compromisso devidamente preenchido, assinado e datado; e
  • Original do Termo de Responsabilidade Financeira devidamente preenchido, assinado e datado, acompanhado de comprovante (s) de renda do signatário que ateste (m) sua capacidade de cumprir com o compromisso assumido.

Para mais informação sobre lista de Instituições de Ensino Superior participantes do PEC-G 22 e os cursos de Graduação, clique AQUI, ou faça o download do EDITAL.

 

Ler mais ...

PDCT: Anúncio de Adjudicação de Contrato - Equipamento TI para a Unidade de Gestão do Projecto

REPÚBLICA DE ANGOLA

MINISTÉRIO DO ENSINO SUPERIOR, CIÊNCIA TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

PROJECTO DE DESENVOLVIMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

 

ANÚNCIO DE ADJUDICAÇÃO DE CONTRATO

O Projecto de Desenvolvimento de Ciência e Tecnologia (PDCT) é um projecto do Governo de Angola, em execução pelo Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI), financiado em 90% através de um empréstimo do Banco Africano de Desenvolvimento (DP n.°11/16, de 25 de Janeiro). O PDCT é de âmbito nacional e visa contribuir para a diversificação da economia através da inovação científica e tecnológica. Especificamente, o PDCT envolve o i) apoio às actividades de investigação científica nos domínios prioritários para a diversificação da economia e a ii) criação de um ambiente favorável à ciência, tecnologia e inovação.

Uma das 3 componentes do PDCT é a "Gestão e Avaliação do Projecto", na qual se cria um mecanismo de coordenação global e monitoria da implementação do projecto.  Assim, o PDCT vem por este meio divulgar os resultados do concurso restrito "Equipamento TI para a Unidade de Gestão do Projecto" que foi aberto. Os detalhes poderão ser obtidos, clicando no seguinte link:

1. Anúncio de Adjudicação de Contrato "Equipamento TI para a Unidade de Gestão do Projecto"

 

 

 

Ler mais ...

MESCTI representa Angola na Conferência de Alto Nível – All Atlantic 2021 e no Fórum de Alto Nível - Africa-Europe Space Earth Observation

Uma Delegação do Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, chefiada pela Titular da pasta, Prof. Dra. Maria do Rosário Bragança, deslocou-se a Portugal, no dia 02 de Junho de 2021, para participar na Conferência Ministerial de Alto Nível e Parceiros “All Atlantic 2021”, que decorreu de 2 a 4 de Junho do corrente ano, nos Açores.

A referida Conferência visou gerar uma nova dinâmica no diálogo e na cooperação existentes no âmbito da iniciativa All-Atlantic Ocean Research Alliance e reuniu representantes de alto nível e parceiros do meio marinho, das várias latitudes do Oceano Atlântico, sendo este um passo significativo na cooperação em Investigação e Inovação para um Oceano Atlântico sustentável.

A Conferência teve como objectivo reforçar a cooperação em Investigação Científica e Inovação através e ao longo do Oceano Atlântico, de “pólo a pólo” e foi uma iniciativa da Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia, em estreita cooperação com a Comissão Europeia. O evento, num modelo híbrido entre presencial e virtual, discutiu também o progresso da actual cooperação em I&D e inovação marinha de todo o Atlântico e sobre o lançamento de uma plataforma de doações para todo o Atlântico, como uma nova abordagem para a cooperação existente e para fornecer soluções que acelerem as transições verde e digital, construindo uma sociedade mais verde, justa e resiliente. As discussões sobre as novas metodologias de observação oceânica e gestão de ecossistemas associadas aos processos de digitalização representam um importante passo inovador na integração do nexo Oceano-Espaço-Clima-Alimentos, contribuindo para a sustentabilidade do Oceano.

Participaram na Conferência, Ministros responsáveis pela ciência, tecnologia e inovação ou pelas pescas e do mar de Angola, do Brasil, de Cabo Verde, do Canada, da Eslovénia, da Espanha, da Irlanda, da Itália, de Marrocos, da Noruega, da Nigéria, de Portugal, da República Dominicana, da Suíça e do Uruguai, Vice-Ministro da África do Sul, Secretário de Estado do Brasil, e representantes do Governo Regional de Açores, do Gabinete do Primeiro Ministro de França,  dos Estados Unidos, do Canadá, bem como representantes de Organizações Internacionais, tais como Nações Unidas e União Europeia.

A Ministra foi oradora no painel sobre a sustentabilidade da Aliança sobre o Atlântico, tendo reforçado o compromisso de Angola com a investigação científica e a inovação relativas aos assuntos do mar e do Oceano Atlântico, sustentada em estratégias de longo prazo para a cooperação científica e tecnológica e no reforço do engajamento dos investigadores angolanos.

A Ministra Maria do Rosário Bragança participará também, nos dias 10 e 11 de Junho, em Lisboa, no Fórum de Alto Nível “Africa-Europe Space Earth Observation”.

Este Fórum tem como objectivo incentivar a cooperação entre os dois continentes no sector da Observação da Terra (OT) e das suas aplicações, promovendo o desenvolvimento de sistemas avançados de OT e de aplicações e um maior envolvimento dos sectores público e privado em áreas não espaciais, contribuindo, desta forma, para a criação de emprego qualificado e o desenvolvimento económico sustentável.

Integram a delegação Ministerial a Dra. Elisamã Cardoso, Directora do Gabinete da Ministra, e o Professor Doutor António de Alcochete, Director Nacional para a Ciência, Tecnologia e Inovação.

 

Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, em Luanda, 04 de Junho de 2021

Ler mais ...

PDCT: Anúncio de Adjudicação de Contrato - Equipamento de Laboratório de Escolas Secundárias, Incluindo a sua Instalação e Formação de Utilizadores

REPÚBLICA DE ANGOLA

MINISTÉRIO DO ENSINO SUPERIOR, CIÊNCIA TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

PROJECTO DE DESENVOLVIMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

 

ANÚNCIO DE ADJUDICAÇÃO DE CONTRATO

O Projecto de Desenvolvimento de Ciência e Tecnologia (PDCT) é um projecto do Governo de Angola, em execução pelo Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI), financiado em 90% através de um empréstimo do Banco Africano de Desenvolvimento (DP n.°11/16, de 25 de Janeiro). O PDCT é de âmbito nacional e visa contribuir para a diversificação da economia através da inovação científica e tecnológica. Especificamente, o PDCT envolve o i) apoio às actividades de investigação científica nos domínios prioritários para a diversificação da economia e a ii) criação de um ambiente favorável à ciência, tecnologia e inovação.

Um dos principais objectivos do PDCT é apoiar o desenvolvimento da capacidade científica. Assim, o PDCT vem por este meio divulgar os resultados do concurso público "Equipamento de Laboratório de Escolas Secundárias, Incluindo a sua Instalação e Formação de Utilizadores" que foi aberto. Os detalhes poderão ser obtidos, clicando no seguinte link:

1. Anúncio de Adjudicação de Contrato "Equipamento de Laboratório de Escolas Secundárias, Incluindo a sua Instalação e Formação de Utilizadores"

 

 

 

Ler mais ...
Assinar este feed RSS

Links Úteis

Links Externos

Contactos

Redes Sociais