Menu

MESCTI e PNUD apresentam Plano Estratégico para Implementação de Incubadoras Universitárias

O Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI) em colaboração com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), realizou no dia 18 de Fevereiro do presente ano, às 08:30, na sala de reuniões do 6º andar do seu edifício sede, sito na Rua do MAT, Complexo Administrativo Clássicos de Talatona, Edifício 2, em Luanda, o acto de apresentação do Plano Estratégico para a Implementação de Incubadoras Universitárias.
 
O Plano Estratégico foi apresentado pela PLURÁLIA: Consultoria e Formação Lda, e servirá como guia para orientar o estabelecimento de incubadoras universitárias nas Instituições de Ensino Superior e assegurar o seu funcionamento integrado, considerando um conjunto de valores, linhas orientadoras, padrões e objectivos comuns.
 
O Plano de Desenvolvimento Nacional (PDN-2018-2022) sublinha a promoção do empreendedorismo como um dos pilares para o desenvolvimento social e económico do país. 
 
A promoção do desenvolvimento das micro, pequenas e médias empresas e a inovação continua a ser uma das prioridades principais do Governo. A inovação e transferência tecnológica têm a capacidade de favorecer o empreendedorismo. Este é um dado substanciado na Política Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (PNCTI).
 
Atendendo a conjuntura de empregabilidade nos negócios tradicionais, é essencial criar as condições para o estímulo do empreendedorismo e inovação, como forma de, não apenas dar resposta às necessidades de subsistência para os jovens, como de transformar problemas e necessidades em oportunidades para criar negócios prósperos e bons empregos. 
 
O Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI) pretende estabelecer Incubadoras a nível das Instituições Públicas de Ensino Superior, para fomentar o empreendedorismo na academia, transformar a investigação em produtos e promover a criação de novas empresas.
 
O MESCTI e o PNUD assinaram um Memorando de Entendimento em 2020 que visa a criação de estratégias que contribuem para o fortalecimento, fomento e formalização de um ecossistema de empreendedorismo e inovação nas IES, cujos principais objectivos são os seguintes:
  • Elaboração de estudo de diagnóstico participativo sobre o sector da Inovação e empreendedorismo em Angola;
  • Assistência técnica para criação de incubadoras universitárias; 
  • Criação de uma de Rede de Transferência de Tecnologia e Inovação; 
  • Apoio ao desenvolvimento de políticas para a regulamentação do ecossistema de inovação e empreendedorismo; 
  • Reforço das capacidades e competências profissionais através de oportunidades de formação e de estágios curriculares não remunerados;
  • Assistência Técnica para estudo e elaboração de estratégias para a Captação de financiamento. 
O acto foi presidido por Sua Excelência Secretário de Estado para a Ciência, Tecnologia e Inovação, Prof. Dr. Domingos da Silva Neto, pelo PNUD fez-se presente o Dr. José Félix, Chefe da Unidade de Crescimento Inclusivo, a PLURÁLIA:  Consultoria e Formação Lda, esteve representada pelo Dr. Ricardo Martins e pela Dra. Ana Pereira. Estive presente também a Equipa do Laboratório de Aceleração e quadros seniores do MESCTI.
 
O MINISTÉRIO DO ENSINO SUPERIOR, CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO, em Luanda, aos 18 de Fevereiro de 2022.
Ler mais ...

LISPA cria Programa de Ideação de Negócios para Estudantes Universitários - Candidaturas até 28 de Fevereiro de 2021

Tendo como um dos seus objectivos desenvolver projectos de novas tecnologias que potencializam o desenvolvimento do ecossistema de inovação e empreendedorismo, o Banco Nacional de Angola através do LISPA “Laboratório de Inovação do Sistema do Sistema de Pagamentos de Angola” e o Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, inclui no seu leque de ofertas o programa Beta-Shift.

O Beta-Shift LISPA consiste num programa de formação intensivo de três (3) dias para capacitar indivíduos e aspirantes a empreendedores sobre os diferentes conceitos do desenvolvimento de um negócio: desde a validação de negócio, modelo de custo e receitas, às fases de protótipo, de teste e de pitch à investidores.

A iniciativa (Beta-Shift LISPA) inclui 3 dias de workshops, sessões de mentoria e trabalho em equipa, com o apoio de mentores com experiência comprovada no mercado. O programa é composto por duas edições, que irão decorrer de 03 a 05 de Fevereiro de 2021 e de 17 a 19 de Março de 2021.

No formato online, o evento é coordenado pelo Acelera Angola com o apoio do Beta-i. As candidaturas estarão abertas para todos os estudantes universitários até 28 de Fevereiro de 2021. Para inscrever-se aceda ao website do LISPA (www.lispa.ao) com apenas uma ideia.

 

Para informações adicionais queiram por favor, utilizar o seguinte contacto: Pedro Moniz - 940647374, ou envie um e-mail para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

 

Ler mais ...
Assinar este feed RSS

Links Úteis

Links Externos

Contactos

Redes Sociais