Menu

Foi Lançado o Angosat-1, o Primeiro Satélite de Comunicações de Angola

 

O primeiro satélite de comunicações de Angola, denominado Angosat-1, foi ontem lançado de Baikonur, Cazaquistão. Em Junho de 2009, o Governo de Angola acordou com a Rússia (RKK Energiya) a construção e lançamento do Angosat-1. Depois de estudos preliminares, a implementação do projecto iniciou em Dezembro de 2012.

O Angosat-1, construído na Rússia, irá permitir serviços de telecomunicações em zonas remotas, incluindo serviços de televisão por satélite, serviços de telefonia móvel, serviços de Internet, etc. Foi projectado para uma vida útil de 15 anos, possui antenas que permitirão comunicações por todo o continente africano e custou aproximadamente 300 milhões de dólares americanos.

Do ponto de vista técnico, o Angosat-1 possui uma massa de aproximadamente 1647 kg, irá operar nas bandas de frequência C e Ku, sendo que o número de repetidores é de 16 na banda C e 6 na banda Ku. Por outro lado, o Angosat-1 é um satélite geoestacionário, ou seja, orbita a cima do equador seguindo a direcção de rotação da terra. Este facto faz com que quando o satélite é visualizado da terra pareça estar parado, o que vai permitir que as antenas em terra possam estar paradas apontando apenas para um ponto fixo no espaço (o satélite). Adicionalmente, o satélite está equipado com thrusters (jatos de gás) que são usados para manobrar o satélite de forma a manter-se na sua órbita. Está ainda equipado com painéis solares.

O centro de controlo do Angosat-1 está localizado em cacuaco, na província de Luanda, considerando que na zona escolhida a interferência electromagnética é baixa. O centro possui além das antenas, geradores, transformadores de potência e estação de tratamento de água.

Finalmente, foram formados vários técnicos angolanos que darão suporte ao projecto.

 

Clique nos seguintes links para ver os vídeos relacionados com o transporte e lançamento do Angosat-1.

https://youtu.be/nGu4kRgrR88

https://www.youtube.com/watch?v=bBT3IshjEtA

Ler mais ...

Portal ciencia.ao Atinge Mais de 3000 Visitantes Únicos no Mês de Fevereiro de 2017

O portal ciencia.ao lançado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia (MINCT) a 26 de Maio de 2014, é dirigido à comunidade científica e a todas as pessoas que fazem ciência ou se interessam por ciência, tecnologia e inovação.

O principal objectivo é falar ciência, contar a ciência que se faz nas universidades, nos laboratórios e em outras Instituições de Ensino Superior e de investigação científica. O Ciencia.ao tem também por objectivo divulgar os resultados da investigação científica feita em Angola e/ou por angolanos, sua aplicação na vida quotidiana e contribuir para uma eventual melhoria das condições de vida das populações em vista de um desenvolvimento sustentável do País. 

O Portal ciencia.ao é um espaço de informação, descoberta, discussão, difusão de notícias, oportunidades, artigos, estudos, sondagens, legislação e eventos científicos (ex. conferências, cafés de ciência, colóquios, mesas redondas, projecções-debates). É um meio eficaz de divulgação da cultura científica e de sensibilização, para as questões de ciência, do público em geral, das crianças em idade escolar e de um público iniciado constituído por investigadores, professores, docentes e estudantes universitários, entre outros. O portal reúne condições e funcionalidades técnicas modernas e performantes, sendo uma excelente ferramenta de trabalho e garante serviços de qualidade.

O Portal ciencia.ao reserva a cada um dos Actores do Sistema Nacional de Ciência Tecnologia e Inovação de Angola um espaço ideal para informação e difusão das suas instituições e especificidades (apresentação da instituição, suas visão, missão e estratégia, estatutos, morada, contactos úteis, etc…), assim como dos seus eventos e oportunidades.

Adicionalmente, o ciencia.ao obriga-se a exercer a sua actividade com sentido de responsabilidade e espírito de tolerância através de informação isenta, rigorosa e objectiva.

Assim, tem-se envidado vários esforços para que o Portal ciencia.ao seja a referência online em termos de Ciência, Tecnologia e Inovação em Angola. O seguinte gráfico mostra a evolução do número de visitantes no período de Março de 2016 a Fevereiro de 2017. Observa-se, a partir das barras vermelhas, que saímos de aproximadamente 1000 visitantes únicos (se um visitante aceder ao portal mais de uma vez num determinado mês, só conta uma vez) em Março de 2016 para mais de 3000 em Fevereiro de 2017. As barras verdes representam o número de visitantes, incluindo visitantes repetidos, num determinado mês. Observa-se que os visitantes consultam o portal mais do que uma vez por mês e que o número de visitantes tem estado a aumentar ao longo do tempo – um aumento, em média, de 167 visitantes por mês –, como se representa pela linha tracejada azul. 

 

Ler mais ...
Assinar este feed RSS

Links Úteis

Links Externos

Contactos

Redes Sociais