Menu

Candidate-se ao Programa de Mobilidade (bolsas) Intra-África Pax Lusófona

Estão abertas, até ao dia 9 de Fevereiro de 2019, as inscrições para o programa de Mobilidade Intra-África Pax Lusófona. O programa é coordenado pela Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto (FDUAN, Angola) e conta com a Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa (FDUNL) como parceiro técnico e o Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais de Cabo Verde (ISCJS), a Faculdade de Direito da Universidade Eduardo Mondlane (UEM) e a Universidade de São Tomé e Príncipe (USTP) como parceiros de implementação deste programa de mobilidade de ensino pós-graduado de Direito entre as universidades africanas. 

O programa é financiado integralmente pela União Europeia e tem o apoio da União Africana. Este programa visa promover a mobilidade de candidatos que pretendam realizar os seus estudos pós-graduados numa das universidades africanas parceiras e visa criar uma rede de ensino que promova a criação de sinergias, criando oportunidades dentro do continente africano. 

O programa de Mobilidade Intra-África Pax Lusófona procura, também, permitir, através do respeito pela identidade histórica e cultural dos países envolvidos, o intercâmbio de experiências e conhecimentos, a criação de novas abordagens e metodologias de investigação nos países envolvidos, da formação de profissionais com uma oferta académica de elevada qualidade, através da educação participativa, o desenvolvimento da consciência crítica, o incentivo à participação social e a sustentabilidade ambiental como factor de desenvolvimento e estabilidade.

 

Benefícios e Bolsas 

O programa de bolsas Intra-ÁfricaPax Lusófona oferece excelentes condições financeiras para que os candidatos possam realizar os seus estudos pós-graduados (mestrados e doutoramentos) nas universidades parceiras, bem como para os professores e investigadores que queiram realizar um período de mobilidade para aprofundar os seus conhecimentos e desenvolver as unidades de investigação daquelas universidades.


 

 

Países Elegíveis

 

Condições de acesso

Para inscrever-se, o candidato tem de ser nacional e residente em qualquer um dos países abrangidos pelo Programa e estar inscrito/admitido numa ou ter obtido um diploma na Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto (Angola), na Universidade de São Tomé e Príncipe, no Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais (Cabo Verde) ou Universidade Eduardo Mondlane (Moçambique) ou numa instituição de ensino superior não incluída na parceria, mas estabelecida num dos países elegíveis. O estudante deve ter o domínio da língua portuguesa e ser detentor do grau de Licenciatura.

 

Para mais informações: www.intraafricapaxlusofona.org

 

Ler mais ...

Oportunidade: Bolsas para o Curso de Diplomacia da Ciência

O Sistema de Pesquisa e Informação para Países em Desenvolvimento (RIS) e o Programa de Cooperação Técnica e Económica do Ministério das Relações Exteriores  da Índia (ITEC) informam que estão abertas, até o dia 7 de Dezembro de 2018, as candidaturas a bolsas de Estudo para o curso de Diplomacia da Ciência, que se realizará de 7 a 18 de Janeiro de 2019, na cidade de Nova Deli, Índia.

O curso destina-se a participantes interessados em questões relacionadas com a Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI) e com a Cooperação Sul-Sul. O curso  tem como objectivo familiarizar os participantes sobre o papel e a importância da Diplomacia Científica nas relações internacionais, os benefícios da diplomacia de Ciência e Tecnologia (C&T) e o seu papel em estimular a capacidade de C&T nos seus respectivos países ao lidar com instituições parceiras a nível regional e multilateral, bem como organizações internacionais, incluindo a ONU e outras agências internacionais.

O curso inclui um momento de interacção com professores especialistas, estudos de caso, discussões em grupo e visitas de campo. O material didáctico e bibliográfico serão fornecidos aos participantes pelo RIS. 

Serão abordados os seguintes temas no curso:

  • Conceito e Contornos da Diplomacia Científica;
  • Modalidades da Diplomacia Científica nas Relações Bilaterais, Regionais e a Nível Multilateral;
  • Ciência, Tecnologia e Inovação: Desafios do Desenvolvimento e o Papel da Diplomacia Científica;
  • Comércio, Investimento e Tecnologia;
  • Cooperação Sul-Sul e Diplomacia Científica.

 

Subsídios

A Bolsa de Estudo cobre o bilhete de passagem, alojamento, subsídio de subsistência, subsídio para aquisição de material didáctico, etc., de acordo com as regras do Programa ITEC / SCAAP do Ministério das Relações Exteriores do Governo da Índia. Mais detalhes podem ser vistos no site do ITEC: www.itec.mea.gov.in

 

Inscrição

Os candidatos interessados deverão fazer a sua inscrição on-line no seguinte link: https://www.itecgoi.in/courses_list.phpsalt3=b2e5a3381a20182019&salt4=5101b375a237&salt=be20d13fcb99, e enviar o formulário devidamente preenchido às Embaixadas da Índia nos seus respectivos países.

 

Destinatários

Os membros da sociedade civil, comunidade diplomática, investigadores, media, académicos e funcionários públicos envolvidos em temas relacionados com a ciência, tecnologia e inovação (CTI) que lidam com as relações exteriores ou gestores de projectos internacionais em CTI são elegíveis para participar no curso.

 

Mais informação: https://www.itecgoi.in/courses_list.php?salt3=b2e5a3381a2018-2019&salt4=5101b375a237&salt=be20d13fcb99

 

 

Ler mais ...
Assinar este feed RSS

Links Úteis

Links Externos

Contactos

Redes Sociais