Menu

Ciencia.ao - Itens filtrados por data: junho 2022

Submissão de Candidaturas para Financiamento de Projectos pela FUNDECIT - Candidaturas até 02 de Agosto de 2022

A FUNDECIT vem por este meio agradecer aos Gestores de Instituições do Ensino Superior e de Instituições de Investigação Científica localizadas em todo o país, a participação na sessão de publicação dos editais para financiamento de projectos pela FUNDECIT, que teve lugar no passado dia 17 de Junho, tanto presencialmente como através do link oportunamente divulgado.

Em conformidade, e desde aquela sessão, está aberta a candidatura aos três editais, clicando em “Submeter Projecto” no site da FUNDECIT (https://fundecit.ao/). Qualquer dúvida ou questão que subsista depois de consultados o edital, o respectivo guião e modelo de submissão, deve ser apresentada preenchendo e enviando o “Pedido de Informação” disponível em “Contactos”.

Na expectativa das Vossas candidaturas online até às 23h59 do próximo dia 02 de Agosto de 2022, a FUNDECIT reitera os melhores cumprimentos

 

Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico, em Luanda, aos 27 de Junho de 2022.

Ler mais ...

Programa UNI.AO realiza encontro sobre a Pós-Graduação em Angola

  • Publicado em UNI.AO

 

No dia 15 de Junho, durante o encontro promovido pelo MESCTI e pelo Programa de Apoio ao Ensino Superior UNI.AO, foi lançada a publicação do seguinte estudo: “A Pós-graduação em Angola: situação e perspectiva para a criação de novos cursos”.

A publicação apresenta a síntese dos resultados de dois estudos-diagnósticos realizados em 2020, o primeiro sobre a pós-graduação em Angola e o segundo sobre os sectores económicos prioritários para formação de quadros altamente qualificados. Estes resultados, inéditos, constituem uma boa base de análise para entender a importância do ensino superior e, particularmente, da pós-graduação para a diversificação económica do País.

Esta publicação permite preencher algumas lacunas e ter uma visão sistematizada tanto dos cursos de pós-graduação actuais, das suas forças e fraquezas, como dos perfis de quadros mais desejados pelos empreendedores. Estes dois estudos são complementares e permitem cruzar a visão das Instituições de Ensino Superior (IES), das empresas e do sector produtivo. Os resultados destes estudos alimentaram a concepção de uma estratégia ao serviço de uma pós-graduação que participe activamente do desenvolvimento do País, estimule a criação e difusão do conhecimento científico e forme quadros qualificados para responder aos desafios económicos e sociais de Angola.

Mais informação, aceda: https://www.facebook.com/programauniao 

 

Baixe aqui o estudo em PDF: Programa de Apoio ao Ensino Superior - Estudo

 

Ler mais ...

PDCT apoia a Gestão da Propriedade Intelectual Nacional

  • Publicado em IAPI

Image credit: ShutterStock

O Projecto de Desenvolvimento de Ciência e Tecnologia (PDCT) é um projecto do Governo de Angola, co-financiado pelo Banco Africano de Desenvolvimento (BAD). O objectivo do Projecto é contribuir para a diversificação da economia através da inovação científica e tecnológica. O Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI) é a agência executora do PDCT.

A Propriedade Intelectual (PI) refere-se às criações do conhecimento humano, tais como invenções, obras literárias e artísticas, desenhos, símbolos, nomes ou imagens usadas no mercado. A PI pertence a uma pessoa ou empresa e é legalmente protegida de uso ou implementação por terceiros sem consentimento do autor. Os direitos da PI geralmente dividem-se em dois ramos: i) direitos de propriedade industrial; e ii) direitos de autor e conexos. O PDCT apoia o reconhecimento dos autores na produção científica em Angola e promove a protecção dos seus direitos. Os direitos da PI são fundamentais para encorajar o investimento na investigação científica, oferecendo maior confiança aos investidores e inventores.

Através da linha de apoio à gestão da propriedade intelectual, o Instituto Angolano de Propriedade Industrial (IAPI) foi beneficiado com equipamento informático, incluindo a sua instalação e teste, para informatizar o processo de gestão da propriedade intelectual e disponibilizar serviços online aos utentes. O PDCT forneceu dispositivos hardware e software, dos quais 1 UPS centralizada, 10 servidores ligados a um equipamento físico de segurança da rede (hardware firewall), 2 fotocopiadoras profissionais, 2 digitalizadores profissionais, 24 computadores de mesa com antivírus, uma rede de armazenamento especializada, licenças de softwares de gestão de base de dados, entre outros, perfazendo um investimento de aproximadamente 700 mil USD.

                                                                  

As especificações técnicas dos referidos equipamentos foram preparadas em parceria com a Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI). Está em curso a instalação e configuração de um software de gestão de propriedade intelectual que, para além de garantir uma maior assertividade e segurança no tratamento da informação, permitirá ao IAPI melhorar a gestão da sua actividade interna e maximizar a prestação dos seus serviços aos utentes de forma remota, tais como a solicitação de registos, realização de pesquisas e o acompanhamento do estado dos seus processos em tempo real.

Através da melhoria da gestão da PI, o PDCT promove um ambiente no qual a criatividade e a inovação possam florescer, sendo requisitos-chave para atingir os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas.

 

Ler mais ...

UAN Gradua primeiro Doutor em Saúde

A Universidade Agostinho Neto (UAN) graduou Mauer Alexandre Gonçalves ao título de Doutor em Saúde, na especialidade de Ciências Biomédicas.

Na ocasião, o Corpo de júri constituído por sete (7) Professores destacou a importância e a relevância da tese com o título: "Alterações electrocardiográficas e sua associação com factores de risco cardiovascular em estudo de base populacional no norte de Angola”.

O primeiro Doutor formado em Angola na área de Saúde foi aprovado com distinção e louvores pelo Corpo de júri no acto de defesa pública que teve lugar no dia 8 de Junho, no Auditório "Maria do Carmo Medina", Faculdade de Direito da UAN.

A tese orientada pelo Reitor da UAN, Professor Doutor Pedro Magalhães, apresenta soluções no combate a elevada prevalência de doenças como a pressão arterial, as diabetes, o alto índice de colesterol e outros factores de risco no município do Dande, na província do Bengo.

O acto foi prestigiado pela Ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Doutora Maria do Rosário Bragança e contou com a presença de membros da comunidade académica, estudantes e convidados.

O Doutor Mauer Gonçalves é Médico especialista em Cardiologia, Docente e Assistente de Investigação da Faculdade de Medicina da UAN.

 

Fonte: Gabinete de Tecnologias de Informação e Comunicação da UAN, aos 08 de Junho de 2022.

Ler mais ...

Capital da Ciência e Tecnologia da CPLP - de 06 à 09 de Junho de 2022, em Luanda. Participe!

 

A cooperação em Ciência, Tecnologia e Inovação entre países permite acelerar o progresso para o alcance dos ODS da agenda 2030, em linha com os ODS 9 e ODS 17, sendo mutuamente benéfica.

A pandemia da COVID-19 expôs as graves assimetrias existentes no mundo, sendo que, no esforço de reconstrução das economias, a Ciência, a Tecnologia e a Inovação podem impulsionar a diversificação económica e o desenvolvimento inclusivo.

Na Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), a vontade conjunta de cooperação multilateral entre os Estados Membros alicerça-se nos objectivos comuns e nas especificidades existentes nos Subsistemas de Ensino Superior e nas políticas de ciência e tecnologia de cada Estado Membro.

Várias iniciativas, nos domínios do ensino superior e da ciência, tecnologia e inovação, têm sido desenvolvidas, constituindo assim oportunidades de divulgação dos seus resultados à sociedade.

CONTEXTO

A República de Angola assumiu a Presidência em exercício da CPLP na XIII Conferência de Chefes de Estado e de Governo, no dia 17 de julho de 2021, em Luanda.

Os Ministros da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES) da CPLP, ou seus Representantes, reuniram-se na modalidade híbrida, a partir de Luanda, no dia 19 de janeiro de 2022, e decidiram “Promover a realização da Capital da Ciência e Tecnologia da CPLP a ser acolhida pelo Estado membro que detém a Presidência em exercício da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa”.

Deste modo, decorrerá, em Luanda, de 6 a 9 de Junho, a Capital da Ciência e Tecnologia da CPLP - Luanda 2022, sob os auspícios da Presidência Angolana em exercício da CPLP.

O objectivo geral da realização da Capital da Ciência e Tecnologia (C&T) da CPLP é fortalecer a cooperação multilateral em C&T para a promoção do desenvolvimento dos Estados membros da CPLP.

Especificamente, pretende-se:

  • Promover a aproximação e potenciar a cooperação entre cientistas de países de língua portuguesa;
  • Reforçar a discussão sobre temas científicos de elevada actualidade de forma abrangente e transversal;
  • Divulgar os resultados do Ciência LP3;
  • Dinamizar a partilha de informação sobre a organização e o financiamento de agências de financiamento da ciência na CPLP;
  • Difundir a actividade científica realizada no espaço de C&T da CPLP;
  • Divulgar resultados de boas práticas de interação academia-indústria;
  • Partilhar experiências sobre empreendedorismo e inovação social nas instituições de ensino superior da CPLP;
  • Recolher propostas para a celebração do Dia Mundial da Ciência para a Paz e o Desenvolvimento na CPLP (10 de Novembro).

Nesta semana participam Docentes e investigadores científicos de instituições de ensino superior e de investigação e desenvolvimento da CPLP, Empreendedores, Inventores do Centro Internacional de Formação Avançada de Cientistas dos Países de Língua Portuguesa em Ciências Básicas”, centro de categoria criado sob os auspícios da UNESCO, Empresas, Sociedade civil, Decisores políticos.

METODOLOGIA

A Capital C&T consiste num evento com a duração de 3 (três) dias, estruturado em actividades diversas, sob a forma de mesas redondas, conferências e visitas, num formato híbrido (presença física e on-line dos participantes), privilegiando-se a interacção dos participantes, traduzida no debate em torno dos temas escolhidos, na discussão de experiências e vivências que contribuam para o reforço da cooperação entre investigadores científicos e docentes da CPLP.

RESULTADOS ESPERADOS

Com a realização deste evento espera-se alcançar os seguintes resultados:

  • Potenciado o maior aproveitamento do Ciência LP;
  • Reforçada a cooperação entre agências de financiamento da ciência na CPLP;
  • Divulgados resultados relevantes da actividade científica e da interacção academia-indústria no espaço de C&T da CPLP;
  • Obtidas propostas para a celebração do Dia Mundial da Ciência para a Paz e o Desenvolvimento na CPLP (10 de Novembro). 

Participe!!!

Aceda o link:  https://us06web.zoom.us/j/89777327466?pwd=L0xTREI5dFk5NjMxL2RWZjNRRTJjUT09

credenciais: ID da reunião: 897 7732 7466 - Senha de acesso: 576457 (Zoom)

 

Em anexo o Programa

 

Ler mais ...
Assinar este feed RSS

Links Úteis

Links Externos

Contactos

Redes Sociais