Menu

Aprender um idioma: quanto mais cedo melhor.

Aprender um idioma: quanto mais cedo melhor.

Pesquisadores do Instituto de Aprendizagem e Cérebro, da Universidade de Washington, Patricia Kuhl e Andrew  Meltzofr , são claros: O cérebro de uma criança, desde o nascimento até aos 7 anos, está facilmente apto a receber qualquer tipo de inovação.

"Nessa idade, pode perceber tudo, sem problema nenhum”, argumenta Meltzofr.  “Se a sua avó lhe fala numa terceira língua, a criança pode  adquiri-la naturalmente", explica. "Se você estiver de visita, com os seus filhos, a um outro país , eles tendem a conhecer várias novas palavras relacionadas, por exemplo, com o futebol, depois de um jogo com outras crianças dessa região, enquanto você quase não nada aprende”, acrescenta.

Entre os 8 e os 18 anos de idade, a aprendizagem torna-se "mais académica e lento". Daí em diante, o desafio é agravado . "Se você está  a ler isto e for um adulto, já sabe então que é tarde demais para você", diz, a brincar, Meltzofr .

"Em boa verdade, nunca é tarde para aprender uma nova língua", acredita, pelo contrário, a  professora Viorica Marian, da Universidade Northwestern. Ela cresceu falando romeno e russo. A sua terceira língua é o Inglês e tem conhecimentos básicos de espanhol, francês e holandês.

Esta pesquisa vem sustentar os benefícios da aquisição de uma segunda língua como uma criança, com "a capacidade de soar como um falante nativo, sem sotaque".

Mas, segundo argumenta a professora Marian, "dominar outro idioma pode ser uma conquista que ocorre em qualquer idade", sendo, por conseguinte, uma boa solução para melhorar a estimulação cerebral em  apenas alguns meses.

voltar ao topo

Links Úteis

Links Externos

Contactos

Redes Sociais