Menu

PDCT Fomenta Participação de Meninas Carenciadas na Ciência, Tecnologia e Inovação Destaque

 

Workshop com as bolseiras de Luanda e os seus respectivos encarregados de educação.

O Projecto de Desenvolvimento da Ciência e Tecnologia (PDCT) é um projecto da República de Angola (RoA), a ser executado pelo Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI), financiado em 90% através de um empréstimo do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) e em 10% directamente da RoA. O PDCT tem como objectivo geral contribuir para a diversificação da economia angolana através da inovação científica e tecnológica, produzindo conhecimento através da identificação de soluções tecnológicas para problemas empresariais, transferência de tecnologia e inovação que serão apoiadas por um Parque de Ciência e Tecnologia (PCT).

Um dos objectivos específicos do PDCT é o financiamento de 250 bolsas de estudo a meninas carenciadas/desfavorecidas do 2º Ciclo do Ensino Secundário a nível nacional. O objectivo geral é promover a participação de meninas carenciadas/vulneráveis na Ciência, Tecnologia e Inovação de forma a minimizar a disparidade de género no sector. Adicionalmente, pretende-se minimizar o abandono escolar e contribuir para a emancipação e empoderamento da mulher.

O processo de selecção foi realizado pelo Ministério da Educação em Janeiro de 2019. Assim, desde Fevereiro de 2019, o PDCT tem financiado 250 bolseiras, distribuídas pelas 18 províncias, na área de Ciência e Tecnologia, sendo o valor da bolsa equivalente a USD 200.

No ano lectivo de 2019, o PDCT efectuou alguns workshops de sensibilização com as bolseiras, seus encarregados de educação, directores das escolas e directores provinciais da educação nas seguintes províncias: Luanda, Cuanza Norte, Benguela, Huíla, Namibe e Lunda Sul. O objectivo foi dar a conhecer o PDCT, o programa de bolsas e destacar alguns elementos (ex. duração e valor da bolsa, avaliação trimestral, incumprimento, etc.) do Acordo de Financiamento assinado com cada bolseira. As Figuras ilustram alguns dos workshops realizados. Os participantes mostraram-se satisfeitos e agradecidos pelas bolsas recebidas e aproveitaram para esclarecer algumas dúvidas. 

Workshop com as bolseiras da Huíla e os seus respectivos encarregados de educação.

 

Workshop com as bolseiras do Namibe e os seus respectivos encarregados de educação. Representantes da Direcção Provincial da Educação, Ciência e Tecnologia (Valério Arcanjo), Departamento Provincial de Educação, Ensino Geral e Tecnológico, e do PDCT (Sara Cunha).

 

Todos os trimestres o PDCT avalia o desempenho das bolseiras e alerta aquelas que não eventualmente não cumpram o Acordo de Financiamento (AF), dando oportunidade para corrigir. Infelizmente, o projecto já foi obrigado a cancelar 33 bolsas por incumprimento do AF, tendo no entanto, substituído por outras bolseiras.

Por outro lado, foi realizada uma avaliação geral do desempenho das meninas no ano académico de 2019, comparando com o desempenho anterior às bolsas de estudos. Os resultados são apresentados no seguinte gráfico, que mostra o percentual de melhoria por província. Uma percentagem acima de 50% indica que mais da metade das meninas melhorou a sua média. Por exemplo, na província do Bengo (BG), 80% das meninas melhoraram a sua média em 2019, em relação à sua média antes das bolsas de estudo. Podemos concluir que, em 11 (61%) das 18 províncias, as meninas, em média, melhoraram suas médias. O PDCT já alertou as bolseiras e escolas onde as bolsas não estão ainda a ter o impacto esperado.

 

Adicionalmente, foi feito um levantamento das melhores bolseiras. Os resultados obtidos são apresentados no gráfico seguinte. Verifica-se que as bolseiras com melhores médias, cujos nomes são apresentados a seguir, são das seguintes províncias: Benguela, Huíla, Lunda Sul, Namibe e Zaire.

 

  1. Dádiva de J. Sabonete (HL21) – Huíla
  2. Adelina C. Vilombo (HL17) – Huíla
  3. Benvinda M. António (ZR04) – Zaire
  4. Joaquina Raimundo (HL25) – Huíla
  5. Adriana Bueti Gomes (BGL02) – Benguela
  6. Eunice Sacandji (LS07) – Lunda Sul
  7. Daniusa P. Chinhama (NB07) – Namibe

 

Modificado emsexta-feira, 24 julho 2020 18:54
voltar ao topo

Links Úteis

Links Externos

Contactos

Redes Sociais