Menu

Indicadores de Ciência, Tecnologia e Inovação junta peritos em Luanda

A Ministra da Ciência e Tecnologia, Cândida Teixeira, defendeu, esta terça-feira em Luanda, a necessidade do alinhamento dos dados indicadores de ciência, tecnologia e inovação com base em critérios de rigor científico aptos à optimização na tomada de decisões políticas quanto ao que deve ser feito em Angola em termos de investimentos no domínio da ciência e tecnologia. 

A governante presidiu, no Centro Tecnológico Nacional (CTN), à abertura de um seminário de capacitação de quadros que junta, por dois dias, mais de meia centena de peritos angolanos das áreas de incidência da ciência e tecnologia do sector público e parceiros privados, para o 2º inquérito nacional de indicadores de ciência, tecnologia e inovação. 

A Politica Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação – PNCTI, aprovada em Decreto Presidencial, em 2011, orienta, para o fomento, inovação e disseminação do conhecimento, a “promoção da interação entre universidades, instituições de investigação científica, empresas e organizações da sociedade civil”, de modo a garantir para garantir que “a ciência e tecnologia forneçam respostas necessárias à sociedade e ao desenvolvimento económico”. 

Assim, com este seminário, o Ministério quer transmitir e partilhar conhecimentos sobre Indicadores de Ciência, Tecnologia e Inovação, visando a recolha de dados e informação para a elaboração dos Indicadores de “Investigação científica e desenvolvimento experimental e de inovação

 “Os indicadores são parâmetros incontornáveis para os processos de análise e tomada de decisão com base científica e contribuem para manter focadas as instituições de Investigação, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação”, disse a ministra na ocasião, tendo, por isso, defendido a fiabilidade e a abordagem coerente de todos esses dados.

Intervindo na sessão, Domingos da Silva Neto, Director Nacional de Ciência e Investigação Científica, do MINCT destacou importância dos indicadores enquanto ferramentas que vão ajudar Angola a melhor se posicionar no ranking de desenvolvimento científico e tecnológico a nível regional e internacional. 

Apresentou ainda dados obtidos aquando do 1º Inquérito Nacional de Ciência Tecnologia e Inovação, realizado em 2013, cujos dados foram validados em 2014, por peritos da NEPAD e do Instituto de Estatística da UNESCO.

Os  indicadores de CTI podem ser considerados também dados estatísticos obtidos em várias acções no âmbito da investigação científica, destacando-se os resultados divulgados em publicações científicas, os ganhos da inovação com base na aplicação de ideias junto dos mais variadas indústrias, ou nas empresas, bem como os desafios que se desenham no domínio da formação avançada dos recursos humanos, entre outros. 

Num ambiente de partilha de conhecimento entre representantes das Instituições que fazem parte do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (SNCTI) mereceu também destaque o critério da metodologia de recolha de informação a título de indicadores. 

 

Ler mais ...

Georreferenciação do GPS: o caminho mais rápido para a localização geográfica

 

Nunca foi tão simples, quanto é hoje, procurar e achar, tudo graças ao GPS (Global Positioning System).  

É, sem dúvidas, um dispositivo indispensável à vida, no nosso dia-a-dia, sugerindo soluções num patamar sempre muito exaustivo e em tempo oportuno. 

A importância e a pertinência do chamado Sistema de Posicionamento Global esteve em destaque durante as discussões de mais uma edição do projecto “Café com Ciência e Tecnologia”, que teve lugar no Centro Tecnológico Nacional, precisamente no dia Internacional da Criança, sob o tema: “Georreferenciação e Uso do GPS na Óptica do Utilizador”. 

Nesta 6ª edição, o evento teve como prelectores o Prof. Dr. António Alves Teixeira de Carvalho, doutorado em Geodesia Espacial e docente da Faculdade de Ciências da Universidade Agostinho Neto, com o tema - “Georreferenciação – o caso específico de Angola” e o Dr. Abraão António Neto, Director Geral da SOALARME, LDA, com o tema – “Uso do GPS na Óptica do Utilizador”.

Num ambiente de descontração, perante sala cheia, o Prof. António Teixeira de Carvalho explicou que um sistema de coordenadas é indispensável para identificação de uma determinada localização geográfica. Esclareceu que é usual o recurso a dois tipos de sistema de coordenadas. Há, por um lado, as coordenadas geográficas relacionadas com uma superfície esférica e, por outro lado, as coordenadas geográficas rectangulares, relacionadas com uma superfície plana. 

O que é então a georreferenciação, questiona-se, o professor António Teixeira de Carvalho. 

“Se fizermos um scan da imagem de um mapa para o nosso computador, teremos a imagem inanimada. Neste caso, é necessário dar vida a este mapa. Para tal é necessário referenciá-lo através de um sistema referencial”.

Apresentou-nos dois sistemas referenciais: o elipsoide Clarke 1880 (muito usado em Angola), e o sistema referencial universal denominado WGS 84, que em campo é usado com suporte GPS em superfície plana.

Explicou que o grande dilema no processo de referenciação, em Angola, é a falta de parâmetros de transformação de um sistema de coordenadas esférico para um sistema de coordenadas plano. O que resulta da divergência entre os sistemas de referenciação apresentados anteriormente. Neste caso, o processo de conversão de um sistema para outro torna tudo mais difícil. “Actualmente o IGCA e a Faculdade de Ciências da UAN têm cooperado para o aprimoramento dos 7 parâmetros identificados que poderão auxiliar futuramente no processo de georreferenciação no país”, finalizou o docente da Faculdade de Ciências da UAN.

Por sua vez, o Dr. Abraão Neto reforçou a utilidade do GPS nos dias de hoje, ao destacar que “os dispositivos de GPS convencionais acabam por cair em desuso por consequência dos sistemas de GPS inclusos nos smartphones”. 

Por meio de aplicativos como: googlemaps e Life 360, além de determinar com precisão os lugares de nosso interesse, é possível também monitorar os nossos familiares à distância, desde que estes tenham o mesmo aplicativo e acesso à Internet no seu telemóvel. Finalizou a sua abordagem com mais alguns exemplos como: a válvula de combustível utilizada por dispositivo GPS, a qual informa o nível de combustível nas viaturas, e o comando que permite identificar uma possível avaria nas mesmas.

E porque a ciência é dinâmica e nunca um projecto acabado, o Café com Ciência e Tecnologia do mês de Junho terminou com uma proposta de acordo de intenções e de cooperação, que deverá ser desenvolvido entre a empresa SOALARME e a Faculdade de Ciências da Universidade Agostinho Neto. A ser assim, é a ciência a avançar e o país a ganhar para o melhor das expectativas dos cidadãos angolanos.

 

Escrito por Antónia Djamila

 

Ler mais ...
Assinar este feed RSS
Notice: Undefined offset: 1 in /srv/disk9/2328119/www/ciencia.ao/templates/gk_news/html/pagination.php on line 18

Notice: Undefined offset: 1 in /srv/disk9/2328119/www/ciencia.ao/templates/gk_news/html/pagination.php on line 34

Notice: Undefined offset: 2 in /srv/disk9/2328119/www/ciencia.ao/templates/gk_news/html/pagination.php on line 34

Notice: Undefined offset: 3 in /srv/disk9/2328119/www/ciencia.ao/templates/gk_news/html/pagination.php on line 34

Notice: Undefined offset: 1 in /srv/disk9/2328119/www/ciencia.ao/templates/gk_news/html/pagination.php on line 18

Notice: Undefined offset: 1 in /srv/disk9/2328119/www/ciencia.ao/templates/gk_news/html/pagination.php on line 34

Notice: Undefined offset: 2 in /srv/disk9/2328119/www/ciencia.ao/templates/gk_news/html/pagination.php on line 34

Notice: Undefined offset: 3 in /srv/disk9/2328119/www/ciencia.ao/templates/gk_news/html/pagination.php on line 34

Links Úteis

Links Externos

Contactos

Redes Sociais